Quarta, 21 Novembro 2018
previous arrow
next arrow
Slider

A espera acabou! Está no ar o quarto Sabatina RBP, com o jornalista e chargista Jeff Castro, por muitos anos responsável pelo Jornal Barra do Piraí, impresso de destaque em nossa cidade e região.

Polêmico e sem papas na língua, Jeff é muito influente em suas redes sociais, foi candidato a vereador na década de 90, secretário de Comunicação na última gestão de Maércio de Almeida e continua seu trabalho informando e opinando através de seu site: www.papagoiaba.com

Dê o play e confira esse bate-papo!

Veja também em nosso facebook: www.facebook.com/GrupoRBPdeComunicacao

Ou em nosso canal no youtube: Grupo RBP (https://youtu.be/RLnLybIZzmU)

#SabatinaRBP #GrupoRBPdeComunicação

Ontem pela manhã (20), João Vitor Bernadino da Silva, de 20 anos, morreu ao ser atropelado por um trem em Barra Mansa. O acidente aconteceu na linha férrea da Rua Dario Aragão, no bairro Estamparia, em um local que não era passagem de nível.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima, que morava próximo ao local do acidente, foi partida ao meio pela composição. O seu corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Volta Redonda, cidade vizinha, e o caso registrado na 90ª Delegacia de Polícia Civil de Barra Mansa.

Através de nota oficial, a MRS Logística, concessionária responsável pelo trecho da linha férrea, disse que lamenta profundamente o fato que ocorreu no que chamam de "trecho corrido", local onde não é permitido o trânsito de pedestres. Informou ainda que por conta do risco envolvido, é importante que as pessoas utilizem somente as passagens em nível oficiais para a travessia da ferrovia.

Foto: G1

A renovação de matrículas na rede pública estadual de ensino termina nesta quinta-feira, dia 22. O responsável - ou o próprio aluno, maior de 18 anos - deve ir à escola em que está matriculado e confirmar o desejo de permanecer na unidade. "O procedimento de renovação de matrículas é simples. As escolas e os professores estão orientados a reforçar a necessidade de o estudante garantir a vaga para o próximo ano", informa o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer. Em todo o estado do Rio de Janeiro são mais de mil escolas administradas pela Secretaria de Estado de Educação (Seeduc).

Pré-matrículas abertas para novos estudantes

Os alunos que desejam ingressar em escolas da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) devem ficar atentos. A pré-matrícula para novos estudantes está aberta e termina no dia 4 de dezembro. O interessado deve se inscrever pelo link na página da Seeduc no Facebook, disponível em www.facebook.com/SeeducRJ, ou pelo site Matrícula Fácil, no endereço www.matriculafacil.rj.gov.br.

"A matrícula pela internet é uma forma democrática e prática para que alunos de outras redes de ensino - municipal ou privada, por exemplo -, ou pessoas que precisaram interromper os estudos, tenham a oportunidade de estudar em uma escola pública estadual", destaca o secretário de Educação, Wagner Victer.

Foto: Mauro Pimental/Folha Press 2016

O Grupo RBP de Comunicação conversou com exclusividade com sua tia, Anna Maria Rothe, professora, ex-vereadora e ex-secretária de educação de Barra do Piraí

Um carioca com raízes barrenses. Esse é Fernando Azevedo e Silva, ou General Fernando, como é chamado no Exército Brasileiro, onde é general da reserva. Nascido na capital fluminense, General Fernando tornou-se aspirante a oficial de Infantaria em 14 de dezembro de 1976, chegou ao posto de general do Exército em 2014 e passou para a reserva em 2018. Porém, o foco dessa reportagem é um pouco antes dele se alistar ao serviço militar: Fernando é sobrinho de Anna Maria Azevedo e Silva Rothe, de 81 anos, que por 60 anos prestou serviços importantes na educação barrense, além de ter sido Secretária de Educação durante os 8 anos da gestão do ex-prefeito, falecido esse ano, José Luiz Anchite, e vereadora por dois mandatos: de 1989 a 1992 e 1993 a 1996. A equipe do Grupo RBP de Comunicação bateu um papo exclusivo com a tia do novo Ministro da Defesa, anunciado essa semana pelo presidente eleito Jair Messias Bolsonaro, com quem mantém um carinhoso vínculo até os dias de hoje.

- Fernando, meu sobrinho, nasceu quando eu tinha 17 anos. Como eu era jovem e solteira, sempre ajudava a cuidar dele e de seus irmãos. Como o seu pai, meu irmão Geraldo, era militar, então Fernando nunca morou em Barra do Piraí, porém, tanto por parte de pai quanto de mãe, sua família toda é barrense. Todas as férias escolares, que naquele tempo duravam em média três meses, ele passava na casa de nossa família aqui. Era uma criança amorosa e inteligente – explicou Anna, que guarda com carinho uma fotografia de seu casamento, realizado na Igreja da Glória, no Rio de Janeiro. “Foi um momento inesquecível, porém, ao mesmo tempo difícil já que meu pai havia falecido pouco tempo antes do casório. Toda a família estava reunida nessa cerimônia, que foi simples, sem muita festa, até porque, não tinha muito clima para isso”, revelou. (Veja a foto abaixo)

20181114 101019

Foto: Em destaque, o futuro general da reserva do Exército e Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, no casamento de sua tia, a professora, ex-vereadora e ex-secretária de educação de Barra do Piraí, Anna Maria Rothe (Arquivo Pessoal Familiar)

Segundo “Dona Anna”, como é carinhosamente conhecida por todos os amigos (que são muitos), seu sobrinho Fernando mantém contato frequentemente através das redes sociais. “Não me lembro da última vez que ele veio até Barra do Piraí, mas sempre que pode, ele vêm. Meu filho, que mora em Brasília também, mantém muito contato com ele [Fernando]. Sempre conversamos muito através do Whatsapp e ele está muito feliz por mais essa missão. Há pouco tempo, o perguntei o que faria, após se aposentar: ele me disse que vestiria o pijama (risos). Eu não acreditei, ele sempre foi muito ativo e é um homem de bem, vai fazer um excelente trabalho”, revelou.

Desde jovem, Fernando mostrava sua aptidão atlética. Quando passava as férias na casa de sua família, no distrito de Ipiabas, o futuro Ministro da Defesa costumava realizar corridas matinais do distrito até o Centro de Barra do Piraí, ainda jogava basquete e vôlei, antes de voltar correndo para casa, em Ipiabas. “Teve uma vez, aquelas brincadeiras de criança, que ele, os primos [eram cinco: Paulo Henrique (primogênito); “Beto” (um ano mais velho que Fernando); Fernando Azevedo; Sérgio “Sakão” (um pouco mais novo que Fernando) e o “Tonico” (bem mais novo)] e sua irmã Geysa pularam de uma altura enorme. Desde jovem, já tinha talento para paraquedista (risos)”.

A última vez que Anna Rothe viu seu sobrinho foi na cerimônia dos paraquedistas, realizada no Rio de Janeiro, onde Fernando Azevedo foi homenageado por sua aposentadoria. “Foi uma cerimônia linda e emocionante. Fernando fez um discurso que ressaltou a sua infância vivida em Barra do Piraí, Mais de mil homens, militares, paraquedistas, com direito a um ritual específico deles”, disse.

Antes de encerrar o bate-papo, Anna Rothe revelou que foi pega de surpresa com a nomeação de seu parente. “Olha, me deu um frio na barriga, na hora. Não esperava que ele fosse escolhido. Ao mesmo tempo que é uma honra, eu tenho medo pois se trata de um cargo muito importante. Espero que ele tenha saúde e paz para exercer um grande trabalho”, desejou a professora Ana Rothe, com mais de 60 anos de competentes serviços prestados a educação de Barra do Piraí.

AnaRothe

Foto: Por 8 anos, Anna Maria Rothe, tia do General Fernando Azevedo e Silva, foi Secretária de Edcuação de Barra do Piraí, durante os dois mandatos do ex-prefeito, falecido, José Luíz Anchite (Foto: Divulgação)

Conheça um pouco da carreira do General Fernando

Fernando Azevedo e Silva nasceu na cidade do Rio de Janeiro. Tornou-se aspirante a oficial de Infantaria em 14 de dezembro de 1976. Chegou ao posto de general do Exército em 2014, e passou para a reserva em 2018.

Entre os postos que ocupou na carreira militar estão o de comandante militar do Leste e chefe do Estado-Maior do Exército. Ele ainda chefiou a Autoridade Pública Olímpica durante a gestão da presidente Dilma Rousseff.

Neste ano, passou a assessorar o atual presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli. Sua indicação foi atribuída ao atual comandante do Exército, general Eduardo Villa Bôas.

Azevedo e Silva foi contemporâneo de Bolsonaro na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), onde o presidente eleito concluiu o curso de formação em 1977, um ano depois de seu futuro ministro.

Azevedo e Silva, assim como Bolsonaro, tem formação de paraquedista.

O ministro exerceu funções de instrutor e serviu na Presidência da República e no Gabinete do Comandante do Exército, como chefe da assessoria parlamentar e como subchefe de gabinete.

No exterior, desempenhou a função de Chefe de Operações na Missão de Paz da ONU, no Haiti.

Já no posto de general, Azevedo e Silva comandou a Brigada de Infantaria Paraquedista e o Centro de Capacitação Física do Exército. (Informações G1)

“Um militar político com trânsito em todos os Poderes e que costuma dialogar com vários partidos. Assim é definido dentro das Forças Armadas e entre especialistas o futuro ministro da Defesa de Jair Bolsonaro (PSL)”, assim escreveu Afonso Benites, colunista do jornal El País.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!