Segunda, 24 Setembro 2018
previous arrow
next arrow
Slider

Ontem à noite (20), um casal foi preso por tráfico de drogas na Rua Coronel Nóbrega, no bairro Química, em Barra do Piraí. De acordo com a Polícia Militar (PM), após denúncia anônima, os agentes abordaram Vanessa da Cunha Barbosa, de 30 anos, e com ela foram apreendidos 545 cápsulas de cocaína, que estavam dentro de uma sacola plástica.

A suspeita confessou à polícia que seu parceiro estaria na casa deles. Ela foi conduzida até a residência e no local os policiais abordaram o segundo envolvido no tráfico. Com a chegada dos agentes, Filipe Nascimento Silva, de 25 anos, jogou um revólver pela janela do quarto andar. Em revista na casa, também foram apreendidos mais três trouxinhas de maconha, duas munições, material para embalar as drogas e dois celulares.

Eles foram levados para a 88ª Delegacia de Polícia Civil, em Barra do Piraí, onde o caso foi registrado. O homem também responderá por porte ilegal de armas.

Foto: Divulgação PM

Hoje (21), pela manhã, dois acidentes foram registrados, um em frente à entrada do Bairro São João e o outro próximo à Quinvale, no bairro Ponte Vermelha, em Barra do Piraí. Até a publicação dessa reportagem, não havia informações sobre feridos.

O primeiro aconteceu às 5h30, na Rua Allan Kardec, próximo à entrada do bairro São João. Um veículo preto caiu na vala, após o motorista, que fugiu do local depois do ocorrido, perder a direção.

O segundo aconteceu por volta das 8h30, em frente à estrada Miguel Couto, próximo a Quinvale, no bairro Ponte Vermelha. O motorista de um ônibus da Viação Barra do Piraí foi surpreendido com a presença de um cavalo na pista e não conseguiu desviar. O parabrisa e o vidro dianteiro do ônibus quebraram. Nesse momento, agentes do Corpo de Bombeiros estão nos locais auxiliando na passagem do trânsito.

Foto: Reprodução via Whatsapp

No inicio da noite de ontem (19), um menino de 5 anos foi esquecido em uma sala de aula, no segundo andar do Jardim Escola Pequeno Polegar, na Rua José Mastrangelo, bairro Vila Suíça, em Barra do Piraí.

De acordo com o site Papagoiaba, diretora da instituição de ensino, Patricia Peres, revelou que o menino, que cursa o Jardim I, ficou brincando na sala, sem que as quatro professoras, que estavam na escola e orientaram as crianças a se dirigirem ao espaço de espera dos pais e responsáveis, percebessem.

Segundo ela, o pai da criança a informou do ocorrido, com isso ela voltou imediatamente à escola, que já havia sido aberta por uma professora, também alertada pelo responsável do menino.

Emocionada, Patrícia revelou que tudo foi resolvido diretamente com os pais, que o episódio foi superado e que a criança voltou a estudar normalmente na instituição.

Foto: Reprodução/Papagoiaba

Foto: Renan Oliveira/Assessoria Câmara Municipal de Barra do Piraí

Ontem (18), na Câmara Municipal de Barra do Piraí, funcionários da empresa Parar Bem, responsável pela implantação do estacionamento rotativo no Centro, marcaram presença em peso na sessão com o propósito, segundo eles, de pressionar os vereadores a votarem a favor do veto do prefeito Mario Esteves, contra o projeto de lei n° 076/2018, que prevê a isenção de cobrança por parte da empresa aos moradores que não possuem garagem e moram em áreas cobertas pelo rotativo.

De acordo com os funcionários, esse projeto tem a única finalidade de prejudicar o trabalho deles, causando um déficit à empresa e, com isso, colocando em risco os seus empregos. Um dos manifestantes, que não quis se identificar, declarou que o autor da proposta a redigiu com o intuito, somente, de prejudicar o trabalho do Rotativo, única e exclusivamente por rivalidade política com o prefeito.

O vereador autor da Lei, Cristiano Almeida, reconheceu como “democrática” a presença dos trabalhadores na Casa Legislativa, porém, questionou o real motivo desse protesto. Em seu facebook, o vereador afirmou que “os funcionários estiveram ali para defender seus empregos, porém, foram induzidos ao erro quando foram instigados por superiores dizendo que o objetivo da lei é acabar com o emprego deles, quando na verdade, isso é mentira”, afirmou.

Em relação ao projeto, Cristiano Almeida esclareceu que seu objetivo é “assegurar aos moradores, que comprovadamente não possuem garagens em suas residências, nas ruas onde haverá cobrança do estacionamento, a isenção do pagamento do mesmo”. Em seu site, ele afirma que o projeto “visa adequar a realidade de nossos cidadãos à praticada em diversas outras cidades que implementaram sistemas de rotativo e, também, forneceram este benefício aos moradores de ruas que circundam o centro comercial das cidades”.

Em junho, o projeto foi aprovado por unanimidade em duas votações, porém vetado nesse mês pelo prefeito Mario Esteves. Na próxima terça-feira (25), o veto será acatado ou revogado em mais uma votação na Câmara Municipal. Alguns vereadores que, na primeira votação se colocaram a favor do projeto, na sessão de ontem já assinalaram uma mudança de opinião, motivada pelo protesto dos funcionários. Cristiano Almeida, autor da lei, foi muito vaiado durante seu discurso, que defendia seu projeto.

02

Vereador Cristiano Almeida, autor do projeto, reconhece como democrática a manifestação, porém faz ressalva: “superiores insuflaram esses funcionários” (Crédito: facebook Cristiano Almeida)

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!