Domingo, 15 Dezembro 2019
previous arrow
next arrow
Slider

Cadastramento Biométrico: Em Barra do Piraí ainda não é obrigatório

A 93ª Zona Eleitoral já conseguiu cadastrar cerca de 50% dos eleitores barrenses, porém, esse cadastro ainda não é obrigatório. Com isso, não haverá perda de título ou outros benefícios nesse ano (Foto: Felipe Castro)

Mais uma vez, o cadastramento biométrico causa dúvidas, ainda mais com a campanha do Governo Federal convocando a população a realizar a transferência de título. Por conta da falta de comunicação adequada, os eleitores acreditam que possam perder direitos ou que, em todo território brasileiro, esse cadastramento já será obrigatório para este ano, com consequência da perda do título de eleitor e outros benefícios ao final de 2019.

Nossa equipe de reportagem conversou com uma servidora da 93ª Zona Eleitoral que confirmou que, em Barra do Piraí, a biometria em substituição ao título de eleitor ainda não é obrigatória. “A procura tem sido grande e muitos chegam aqui preocupados. Ainda não é obrigatório esse cadastramento em Barra do Piraí e estamos trabalhando com um prazo até as próximas eleições presidenciais. Apesar disso, é importante que, o quanto antes, essa transferência seja concluída”, ressaltou a servidora, que não pode ter seu nome divulgado por conta da burocracia do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro, que não autoriza a veiculação de nomes de funcionários.

De acordo com a 93ª Zona Eleitoral, em Barra do Piraí, são 72 mil eleitores, aproximadamente, e cerca de 50% deles fizeram o cadastramento. Essa transferência começou em 2016, com prazo final até 2022, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Após esse prazo, ou até nosso município atingir a meta estipulada pelo TSE de mais de 95% dos eleitores cadastrados, quem não fizer a transferência para o sistema biométrico, terá o seu título de eleitor cancelado.

Para as próximas eleições, caso ainda não haja a obrigatoriedade, basta para o eleitor levar um documento com foto original para votar. Para agendar o cadastramento de biometria basta acessar o site do Tribunal Regional Eleitoral (www.tre-rj.jus.br) ou fazer contato pela Central de Atendimento do TRE-RJ, no telefone (21) 3436-9000.

O endereço da 93ª Zona Eleitoral, para a execução do processo após o agendamento, é: Rua José Alves Pimenta, bairro Matadouro, em Barra do Piraí. Basta comparecer no dia marcado com documentos de identidade, CPF, título de eleitor e comprovante de residência. Para mais informações in loco, o setor atende das 11 às 19h.

Biometria: idoso com 70 anos ou mais não perde benefício caso deixe de fazer o recadastramento na Justiça Eleitoral 

Outra dúvida frequente é em relação à suspensão do CPF, e por consequência, perda de benefícios em caso do não cadastramento no sistema biométrico. Segundo a 93ª Zona Eleitoral, não há nenhuma legislação que dê base para o cancelamento do CPF, por conta da perda do título, porém, foram registrados alguns casos de suspensão do CPF até um contato feito na Receita Federal, nas cidades onde já é obrigatória a biometria.

De acordo com o TRE-RJ, os idosos com mais de 70 anos não precisam fazer o cadastro da biometria na Justiça Eleitoral – a não ser que queiram continuar votando – e muito menos ficarão sem o benefício da aposentadoria ou da pensão caso perca o prazo. “O eleitor até 70 anos de idade é obrigado a votar. Esse que tiver o título cancelado pode ter algum problema. O maior de 70 anos não vai ter nenhum transtorno”, afirmou Bruno Andrade, diretor-geral do TRE-RJ.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!