Domingo, 24 Mai 2020
previous arrow
next arrow
Slider

O pefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, fará reunião hoje (22) com um comitê científico para decidir sobre uma flexibilização, nos próximos dias, do isolamento social no município, imposto pela pandemia do novo coronavírus (covid-19). A decisão foi tomada depois de um encontro com o presidente Jair Bolsonaro, ontem (21). A informação é da Agência Brasil.

A ideia é fazer uma reabertura gradual da economia carioca. “Estou submetendo ao meu conselho científico todo o plano que elaborei com os empresários de todos os setores que tiveram paralisação, sobretudo o comércio e parte do setor de serviços, para, diante dos leitos que estamos abrindo e também da diminuição da curva de velocidade de contágio, nós podermos retomar as atividades no Rio”, disse Crivella.

O prefeito destaca que, no município, houve diminuição de 80% nas aglomerações e no trânsito de pessoas na rua e foram abertos 899 leitos para covid-19. O prefeito concede entrevista coletiva às 11h de hoje.

Senhor de 79 anos já estava sem vida quando Corpo de Bombeiros chegou ao local para atendimento. Acidente ocorreu próximo ao distrito de Dorândia (Foto: Reprodução)

No fim da tarde desta terça-feira (19), um senhor de 79 anos morreu após capotar com um trator nas proximidades do distrito de Dorândia, na zona rural de Barra do Piraí.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista perdeu o controle do veículo, que caiu em um buraco e capotou. Quando a ambulância da corporação chegou ao local, o senhor já estava sem vida.

O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Três Poços, em Volta Redonda.

Prefeito de Volta Redonda afirma que só com o ‘milagre’ de uma vacina essa decisão seria mudada. Diretora do SEPE Barrense diz que é preciso base científica para tomar uma atitude como essa e prefeito Mario Esteves prefere cautela (Foto: Reprodução)

O prefeito Samuca Silva afirmou, durante transmissão ao vivo por rede social, que as aulas devem permanecer suspensas até o fim do ano na rede pública de Volta Redonda. Segundo ele, “só o milagre” de uma vacina poderia permitir o retorno.

Atualmente, vários países e laboratórios farmacêuticos estão trabalhando para desenvolver uma vacina contra a Covid-19, mas é improvável que os órgãos que administram a liberação de medicamentos, como a Anvisa no Brasil e a FDA nos Estados Unidos, deem o “sinal verde” para a aplicação em massa de um produto como esse nos próximos meses.

O prefeito, assim como outras autoridades, tem afirmado várias vezes que a suspensão das aulas tem como objetivo proteger os professores e os pais dos alunos, já que crianças em geral ficam assintomáticas em uma infecção pelo novo coronavírus. Assim, embora o risco para os alunos seja reduzido, há possibilidade de eles se transformarem em transmissores. As informações são do portal Diário do Vale.

“É preciso ter uma base científica para tomar uma decisão como essa”, afirma coordenadora do SEPE de Barra do Piraí

Nossa reportagem conversou nesta segunda-feira (18) com a coordenadora do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (SEPE) de Barra do Piraí, Clarice Ávila, que acredita ainda ser “muito cedo” para se tomar uma decisão tão importante quanto essa, apesar de não descartar a possibilidade anunciada por Samuca. Porém, ela acredita que essa decisão tem que ter base científica e não pode ser “estritamente política”.

“Creio que seja precipitado, ainda em maio, tomar uma atitude de cancelar o ano letivo de 2020. Não está descartada essa possibilidade, de fato, porém espero que a partir do meio do ano as coisas estejam mais claras para as autoridades tomarem uma atitude. Aliás, essa decisão não pode ser estritamente política. É preciso conversar com especialistas da saúde primeiramente para decidir com base na ciência. Uma coisa é certa, sabemos que as aulas serão os últimos serviços a retornarem”, afirmou a coordenadora.

19clariceavila

Professora Clarice Ávila, coordenadora do SEPE (Foto: Reprodução/Facebook)

Prefeito de Barra do Piraí prega cautela sobre o assunto

Por fim, questionamos Mario Esteves sobre sua atitude em relação a volta ou não das atividades nas escolas municipais. O prefeito de Barra do Piraí preferiu manter a cautela e prometeu falar mais detalhadamente sobre o assunto em sua próxima participação no programa Fatos RBP, na sexta-feira (22), às 16h30, em conexão AM e FM nos estúdios do Grupo RBP de Comunicação.

“Entendo que é uma decisão difícil e prefiro falar melhor sobre o assunto na próxima sexta, pois ele demanda cautela e tranquilidade”, respondeu o prefeito através de seu whatsapp.

19prefeitomarioesteves

Prefeito de Barra do Piraí, Mario Esteves (Foto: Reprodução/Facebook)

Segundo o governo municipal, o trabalho é feito das 7 às 19 horas nos distritos de Santa Isabel do Rio Preto, Barão de Juparanã e em Conservatória (Foto: Reprodução)

A prefeitura de Valença instalou, neste sábado (16), três barreiras sanitárias para controlar os acessos à cidade. O trabalho está sendo feito de 7h às 19h nos distritos de Santa Isabel do Rio Preto, Barão de Juparanã e em Conservatória. As informações são do Portal G1.

De acordo com o governo municipal, apenas moradores e pessoas que trabalham em Valença, com documento comprobatório, poderão entrar no município. A saída da cidade também só será permitida para quem trabalha em outras localidades ou que apresente alguma emergência, desde que seja tudo comprovado através de documentos.

As fiscalizações fazem parte das medidas de prevenção ao novo coronavírus e acontecem em parceria entre as secretarias municipais de Saúde, Serviços Públicos, Guarda Municipal e Polícia Militar. Todos os pontos de serviço contam com três colaboradores e um técnico em enfermagem.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!