Terça, 25 Fevereiro 2020
previous arrow
next arrow
Slider

Fiscalização nas rodovias federais começa nesta sexta-feira e vai até quarta-feira à meia-noite (Foto e informações: Agência Brasil)

A Operação Carnaval deste ano, que começou nas primeiras horas desta sexta-feira (21), fiscalizará 66 mil quilômetros de rodovias federais em todo o país. Segundo a Policia Rodoviária Federal (PRF), a fiscalização vai até a meia-noite da Quarta-feira de Cinzas (26), com reforço no número de viaturas e de agentes em ação, além de equipamentos eletrônicos, para reduzir o número de acidentes de trânsito.

Nos trechos em que, estatisticamente, é maior a frequência de acidentes graves, e em que o fluxo de veículos aumenta em feriados prolongados como o carnaval, a PRF atua em esquema especial, com equipes reforçadas na fiscalização, orientação e atendimento de ocorrências.

De acordo com a Polícia Rodoviária, a garantia de uma viagem segura requer, necessariamente, o compromisso do condutor e dos passageiros dos veículos com sua própria segurança. É necessário que todos mantenham atenção durante a viagem e tenham responsabilidade com seus atos, avaliando se a conduta é segura ou se traz algum risco de envolvimento em acidente.

A PRF tem algumas dicas que motoristas e passageiros devem seguir para uma viagem tranquila. A primeira delas é atenção redobrada durante todo o percurso, de modo que se possa perceber qualquer risco viário com antecedência. É preciso também respeitar a sinalização, obedecendo aos limites de velocidade e às condições de ultrapassagem indicados nas placas ao longo das rodovias. As plantas não foram colocadas naquele ponto da estrada sem motivo, alerta a PRF. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local.

O planejamento da viagem também é importante: o motorista deve se informar sobre as distâncias que vai percorrer, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Para o motorista, é fundamental não esquecer documentação pessoal e do veículo.

Antes de pegar a estrada, a Polícia Rodoviária Federal recomenda a Revisão preventiva do veículo, cujas condições devem ser checadas mesmo para pequenas viagens. Na rodovia, deve-se circular com faróis acesos, para ver e ser visto; os pneus precisam estar calibrados e em bom estado; o motor revisado, e o óleo e o nível da água do radiador, em dia. É necessário ainda verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo.

Além disso, o condutor deve programar pausas para descanso, com paradas a cada três horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual os olhos se mantêm abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta, lembra a PRF. Esse estado vem acompanhado de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

Procurar se informar sobre as condições do tempo no dia da viagem nos lugares por onde se vai passar também é importante, assim como dormir bem antes de assumir o volante. O sono e o cansaço são grandes inimigos de uma viagem segura. A PRF lembra que o uso do cinto de segurança é obrigatório para todos os ocupantes do veículo.

Acidente aconteceu no km 222 da Via Dutra, em Piraí, e ninguém ficou ferido (Foto: Redes Sociais)

Na manhã desta quinta-feira (20), um caminhão carregado de fermentado de maça tombou na pista de descida da Serra das Araras, no km 222 da Via Dutra, em Piraí. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, mais de 15 km de engarrafamento foi registrado.

Segundo os agentes da PRF, a carga do veículo, utilizada na produção de vinagre, não chegou a cair na pista, porém, mesmo assim o tráfego foi desviado pela faixa da esquerda, causando um longo congestionamento e trânsito lento. Ninguém se feriu no acidente.

Trecho entre Barra do Piraí e Piraí ficou completamente tomado pela lama, após a passagem de uma forte correnteza (Foto: Redes Sociais)

Na tarde deste domingo (16), um muro de contenção de um lago, em um sítio particular localizado na RJ-145, trecho que liga Barra do Piraí a Piraí, numa localidade conhecida como Toca do Lobo, se rompeu causando a interdição da estrada.

Um motorista flagrou, através de um vídeo divulgado via whatsapp, a forte correnteza resultado do rompimento. Após a passagem da água, a pista ficou completamente tomada pela lama e restos de vegetação, que impediram os carros de seguirem viagem.

Equipes da prefeitura de Piraí estiveram no local para realizar serviço de limpeza, até a desobstrução da pista, ainda neste domingo. Durante a interdição, os motoristas tiveram que optar por desviar suas rotas para a Rodovia Presidente Dutra, na BR-116, e Rodovia Lúcio Meira (BR-393).

Leitora do nosso site, que se identifica como dona da propriedade interditada por conta do deslizamento de terra, afirma que o incidente foi causado pelo rompimento na tubulação e não o contrário. Jornal online usa postagem do site da própria prefeitura para contestar alcance da ETA (Foto: Reprodução) 

Uma leitora do site www.gruporbp.com.br, identificada como Juliah Simonetti, fez uma denúncia gravíssima em relação ao deslizamento de terra, que danificou quase por completo uma tubulação na Rua Nossa Senhora das Graças, no bairro Morro do Gama, em Barra do Piraí.

A ouvinte, que se identifica como a proprietária da casa interditada pela prefeitura após o incidente, afirma que, na verdade, não foi o deslizamento que provocou rompimento na tubulação, e sim o contrário. “Fiquei quase uma hora ligando pra Deus e o Mundo depois que o cano estourou, vendo a água levando a base da minha casa”. Escreveu.

14denunciajuliah

Júlia Simonetti publicou esse comentário na postagem oficial da matéria em nosso facebook, clique aqui e veja.

Além dessa denúncia, ontem à noite (13), o portal de notícias Papagoiaba, usando como base uma postagem no site oficial da prefeitura de Barra do Piraí, de 24 de fevereiro de 2015, contestou o verdadeiro alcance da área de abastecimento da ETA do Paraíso, paralisada por conta do rompimento da tubulação.

De acordo com a matéria publicada no site, a estação na verdade abastece o Centro, Ruas Assis Ribeiro, Cristiano Ottoni, Pracinhas, Franklin de Moraes e Carlos de Queiroz, bairros Morro do Gama, Oficinas Velhas, Morro da Metalúrgica, Chácara Farani, Caieira São Pedro, Muqueca, São João, Maracanã, Vargem Grande, Grota do Neném, Carvão, Santo Cristo e Caixa D´Água. Muito além do divulgado oficialmente pela prefeitura.

Enviamos as denúncias para o secretário de Água e Esgoto, Wanderson Barbosa, que ainda não se pronunciou. Atualizaremos essa matéria, assim que obtivermos informações.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!