Quinta, 27 Junho 2019
previous arrow
next arrow
Slider

Durante a madrugada de ontem (13), um acidente envolvendo duas carretas e uma van deixou oito pessoas feridas na BR-393, a Rodovia Lúcia Meira, em Barra do Piraí. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a colisão ocorreu no km 253, na altura do bairro Santo Antônio.

Segundo o registro do caso, uma das carretas saiu da pista após o motorista perder o controle atingindo os outros automóveis. O condutor da van, um homem de 42 anos, teve uma fratura no braço e foi encaminhado pelo SAMU ao Polo de Emergência da Santa Casa. Outros sete passageiros, incluindo uma criança de seis anos, sofreram ferimentos leves e também foram encaminhados à unidade. Os motoristas das carretas não se feriram e foram liberados ainda no local do acidente.

Um dos veículos transportava galões com produtos para amaciar carne e teve sua carga espalhada pela rodovia. O trânsito ficou comprometido durantes horas, seguindo no sistema “Siga e Pare”, até o destombamento de uma das carretas e limpeza da pista.

Foto: Barra no Ar

Fotos: Felipe Castro

Na manhã desta sexta-feira (14), em todo o país são registrados atos contra a reforma da Previdência e cortes na Educação. Em Barra do Piraí, a mobilização reúne profissionais da rede estadual e municipal de ensino, funcionários do INSS, da prefeitura de Barra do Piraí e do sindicato dos bancários. O objetivo da mobilização é, segundo os organizadores, conversar com a população pelo centro da cidade para mostrar a importância de se apoiar a educação e para falar sobre o tema Reforma da Previdência, o qual eles se posicionam contrariamente.

Os manifestantes estão concentrados na Praça Pedro Cunha (Largo da feira), com previsão de saída e caminhada pelas ruas do Centro de Barra do Piraí, rumo a praça Nilo Peçanha, a partir das 11 horas.

Atualização 10h30 – 14 de junho de 2019 

Segundo os sindicatos que organizam o movimento, outros grupos, como a Associação das Pastorais dos Negros e os estudantes dos IFFs, estão representados no ato. O Padre Juarez, da Igreja São Benedito de Barra do Piraí, também está presente.

Atualização 12h – 14 de junho de 2019

Por volta das 11h30, o grupo formado por profissionais da educação municipal e estadual que aderiram a greve, com representantes do Sindicato dos Bancários, da Associação das Pastorais dos Negros, dos SEPE, INSS, funcionários da prefeitura, do INSS, estudantes e simpatizantes do movimento chegaram à Praça Nilo Peçanha, após uma passeata que começou na Praça Pedro Cunha (Largo da Feira) e passou pelo Centro de Barra do Piraí.

No destino final, mais discursos foram feitos contra a Reforma da Previdência e a favor de um investimento maior na educação por parte do Governo Federal. Cerca de 50 pessoas participaram do ato, que deixou o trânsito lento no trecho.

professores03professores03professores03

Na manhã desta sexta-feira, 14, funcionários da prefeitura de Barra do Piraí trabalham no conserto de uma manilha na rua Ana Nery, Centro da cidade, próximo ao antigo fórum Zótico Baptista. Segundo informações apuradas pela equipe de reportagem do Grupo RBP de Comunicação, há alguns dias ocorre um vazamento naquele trecho e, de acordo com o secretário de Água e Esgoto, Vanderson Lemos, desta vez é um problema menor, descartando a hipótese de um estouro de tubulação. 

Nesta sexta-feira (14) está marcada para todo o país uma greve geral, uma mobilização nacional contra a possível aprovação da Reforma da Previdência proposta pelo atual Governo Federal. Sindicatos de Barra do Piraí também prometem organizar um ato aderindo ao movimento: uma passeata está marcada para as 9h, com a concentração na Praça Pedro Cunha (Largo da Feira), passando pela Avenida Governador Portela, Praça Júlio Braga e encerrando na Praça Nilo Peçanha, no Centro.

Segundo um dos diretores do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (SEPE) de Barra do Piraí, Marcelo Klein, a educação estadual e municipal oficialmente aderiu a greve, um dos sindicatos da Justiça Federal e Ministério Público estão convocando os profissionais para o movimento, além de tentativas de contatos com outros sindicatos profissionais municipais.

O diretor deixou claro que o movimento é importantíssimo para esclarecer para a população a importância de se discutir sobre a reforma da previdência. “Esse ato será fundamental para a manutenção dos direitos básicos de todos os trabalhadores, de todas as classes e categorias”, explicou.

No dia 15 do mês passado, um grande “aulão” foi organizado na Praça Nilo Peçanha, ministrado pela professora Denise, servidora pública especialista em Previdência Social, com o objetivo de protestar em favor dos professores, contra os últimos cortes feitos pelo Governo Federal em pesquisas científicas e na área da educação, e contra também a possível aprovação da nova reforma da previdência. Esse ato foi encarado como uma prévia da paralisação de amanhã, que vem ganhando força nas redes sociais.

Diretoria do SEPE de Barra do Piraí, responsável por organizar o aulão na Praça Nilo Peçanha (Foto: Felipe Castro)

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!