Domingo, 16 Dezembro 2018
previous arrow
next arrow
Slider

Uma manifestação de caminhoneiros interrompeu parcialmente o trânsito nesta manhã (10) na Via Dutra. Ao todo, quatro pessoas foram detidas, um caminhoneiro ficou ferido, cinco caminhões foram apedrejados e um agente da PRF foi agredido.

A Polícia Rodoviária Federal informou que durante uma abordagem a dois manifestantes na Dutra, em Barra Mansa, um deles se recusou a apresentar a documentação e tentou fugir, mas foi detido. Com isso, outros manifestantes cercaram a equipe e agrediram um dos agentes. Dois foram levados para a 90ª Delegacia de Polícia Civil de Barra Mansa, onde foram ouvidos e liberados.

Ainda na manhã desta segunda, próximo ao km 265, dois homens foram presos por suspeita de apedrejar três caminhões. Os suspeitos, de 22 e 39 anos, foram levados para a delegacia, onde ficaram à disposição da Justiça.

Ainda de acordo com a PRF, por volta das 10h, um caminhoneiro foi atingido por uma pedra no sentido São Paulo, por não querer aderir ao movimento. Ele foi atendido no local e liberado. O veículo teve o vidro dianteiro estilhaçado.

Informações G1

Foto: Divulgação/PRF

Essa é a última semana para os interessados se candidatarem a beneficiários do programa “Minha Casa, Minha Vida”, do governo federal, aqui em Barra do Piraí.

As ações começaram no último dia 1º, no Parque de Exposições, cadastrando a população das 8 às 17h. O cronograma se estenderá até o próximo dia 14 de dezembro, sexta-feira, sempre no mesmo horário e no mesmo local.

Cerca de 600 famílias deverão ser contempladas com unidades do Empreendimento Jardim Ipiranga I e Francisco Furtado, que estão sendo construídas no Vale do Ipiranga.

Os candidatos deverão apresentar originais e cópias de RG e CPF; Comprovante de residência; Comprovante de renda; Número da Inscrição Social (NIS); Certidões de Nascimento e de Casamento, tanto do interessado quanto de seu cônjuge. Para mais informações, o telefone de contato da Secretaria de Assistência Social é (24) 2443-1087.

O Colégio Municipal Antônio Pereira Bruno, no bairro Goiabal, foi palco para a formatura de duas turmas do 5° ano do ensino fundamental, no Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), na tarde desta terça-feira (4). No total 62 alunos receberam durante 14 semanas, diversas atividades e palestra informativas em sala de aula sobre a prevenção e os riscos do uso de drogas e, também, sobre a violência doméstica e nas escolas. O Proerd é realizado pela Polícia Militar, através dos Sargentos Gladston e Roberta, e recebe o apoio da Guarda Municipal de Barra Mansa, através do Programa de Educação no Trânsito (PET), coordenado pelo Inspetor Silva.

Prestigiando a formatura, o Guarda Municipal e coordenador do PET, Inspetor Silva, disse que é sempre uma honra participar e contribuir com o programa que visa dar novos olhares às crianças. “Temos muito orgulho e reconhecimento por esse trabalho da Polícia Militar. Essa é uma parceria que envolve as escolas, a Guarda Municipal, a Polícia Militar e a sociedade em geral, com objetivo de diminuir a quantidade de usuários de drogas no nosso município”, atribuiu o Guarda.

De acordo o Sargento Gladston, a cada ano o Proerd vem tendo um maior interesse dos jovens. Somente neste semestre em Barra Mansa foram 2, 1 mil alunos matriculados. “Infelizmente não conseguimos atender todo mundo, neste ano foram 700 alunos formados pelo programa. Os que conseguem participar, absorvem a missão de serem os multiplicadores de informações”, contou o Sargento.

Gladston ainda acrescentou que o envolvimento da Prefeitura através da Secretaria de Educação é muito importante para que o projeto seja desempenhado com mais afinco. “Eu gostaria que todas as Secretarias de Educação do estado fossem como a de Barra Mansa, uma das maiores incentivadoras do Proerd”, completou Gladston.

A diretora adjunta do Colégio Antônio Pereira bruno, Elaine Ribeiro Campos, contou que esse projeto vem sendo realizado na escola há 13 anos e garantiu que o resultado é sempre positivo. “Essa atividade é de extrema importância para informar e conscientizar, principalmente os pré-adolescentes sobre os riscos que o mundo das drogas oferece a todos nós. Essa ação sempre será bem recebida na nossa escola”, garantiu Elaine.

Para a estudante Sofia Eduarda de Souza, de 11 anos, o projeto foi positivo no sentido de apresentar a realidade de uma maneira que os alunos não imaginavam. “Gostei bastante de ter feito parte do Proerd, aprendi coisas que eu não imaginava que acontecia, principalmente em relação às drogas, como elas são prejudiciais a nossa saúde e como isso afeta as famílias”, pontuou a aluna, garantindo que a lição que foi desenvolvida ao longo do projeto, será passada para os amigos e familiares.

Programa da PM, PROERD existe há 25 anos no Estado
Implantado em 1992 pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, o PROERD é a adaptação brasileira do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education (DARE), criado em 1983. Ativo há mais de duas décadas, o projeto é adotado em todo o país e conta com três currículos: Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental; 5º e 7º ano do Ensino Fundamental, além de atividades também para pais e responsáveis.

O trabalho de prevenção e combate à violência contra as mulheres, desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, foi reconhecido e premiado com o Selo 'Mais Mulher’, concedido pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos, através da Subsecretaria de Políticas para Mulheres. O Selo é conferido as Prefeituras que possuem ações efetivas de prevenção e combate à violência contra a mulher, além de incentivar outras cidades a adotarem políticas públicas voltadas para o público feminino.

A cerimônia de entrega aconteceu na tarde de ontem (06),na sede do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, no Rio de Janeiro, com a presença de representantes da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres de Itatiaia. Além de Itatiaia, outros 12 municípios foram certificados com o Selo. Dentre as principais ações implementadas em Itatiaia e que culminaram na premiação, está o desenvolvimento de várias campanhas de combate a violência contra a mulher e o projeto ‘Mulheres Independentes’, que visa ensinar as moradoras cursos como bordados, patchwork e corte e costura para possam ter uma independência financeira.

Outras ações que deram origem a premiação foi o trabalho de forma coordenada e em rede com outras secretarias, como a Saúde e a Assistência Social, entre outras, fazendo encaminhamentos de serviços específicos quando necessário e a construção de uma rede de proteção e acolhimento à mulher vítima de violência. Atualmente a Secretaria de Politicas Públicas para as Mulheres também está abrindo uma nova frente e disponibilizando espaço para atendimentos psicológicos, além daqueles feitos por conta da violência, para alguns casos de mulheres que se sentem inseguras, de forma a desafogar um pouco o atendimento da Saúde e se necessário, em outras situações específicas, direcionando para a Secretaria de Assistência Social.A Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres funciona na Rua Cel José Mendes Bernardes, Nº 14, no Centro. Mais informações pelo telefone (24) 3352-1339.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!