Sábado, 16 Fevereiro 2019
previous arrow
next arrow
Slider

Na madrugada desta sexta-feira, 08, um incêndio atingiu o Ninho do Urubu, Centro de treinamento do Flamengo, em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro. No local, dormiam atletas das categorias de base do clube; dez mortos e três feridos foram registrados até o momento da publicação desta reportagem.

No CT, dormiam atletas de fora do Rio de Janeiro, já que, segundo informações, o treino da manhã desta sexta-feira havia sido cancelado, ficando assim, aqueles que moram na cidade, liberados.

Os feridos foram identificados como Cauan Emanuel Gomes Nunes, 14, de Fortaleza (CE); Francisco Diogo Bento Alves, 15, e Jonathan Cruz Ventura, 15 anos, em estado mais grave (com queimaduras em 40% do corpo), foram levados ao hospital Lourenço Jorge, na Barra. Jonathan será transferido para o hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz.

A área em que está localizado o CT do clube já fora atingida também pelas chuvas que assolaram a capital fluminense entre a noite de quarta, 06, e a quinta-feira, 07, o que fez com que o local já estivesse sem água e sem luz.

De acordo com informações divulgadas pelo Corpo de Bombeiros, o fogo foi registrado por volta das 5h10min e debelado cerca de 1h20min depois.

Semifinal do Campeonato Carioca é adiada

Em nota, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) lamentou o ocorrido e informou que a partida entre Flamengo e Fluminense, que aconteceria neste sábado, 09, pelas semifinais do Campeonato Carioca, foi adiada. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também prestou sua solidariedade.   

Um grande buraco foi aberto hoje no Centro de Barra do Piraí, mais precisamente na divisa da Av. Paulo de Frontin, com a rua que dá acesso ao Itapoã Clube, atrás da Igreja São Benedito.

Durante toda à tarde, o trânsito tem sido bastante prejudicado, com um fluxo bem lento no local, que normalmente já é complicado. Nossa equipe de reportagem fez contato com o Secretário de Água e Esgoto de Barra do Piraí, Wanderson Barbosa, que prometeu mais detalhes sobre esse transtorno ao retornar para sua secretaria.

ATUALIZAÇÃO 09H28MIN - Na manhã desta sexta-feira, a equipe que trabalha no local informou que uma tubulação estourou, e busca saber onde exatamente foi o estouro, já que o buraco que se formou é bastante fundo. O trabalho está sendo realizado de modo que o transtorno seja resolvido hoje. Guardas municipais orientam o trânsito, indicando que os motoristas sigam pela praça Nilo Peçanha. O tráfego é lento no trecho

Na noite desta quarta-feira, 06, o município do Rio de Janeiro enfrentou fortes chuvas em diversos pontos, causando deslizamentos, desabamentos e quedas de árvores. A projeção é de que um novo temporal deve assolar a cidade a qualquer momento desta quinta-feira, 07. Até o momento da publicação desta reportagem, foram registradas cinco mortos e dois desaparecidos, e o prefeito Marcelo Crivella (PRB) decretou luto oficial de três dias. 

Com esta situação, a capital fluminense encontra-se em estado de alerta. Segundo Marcelo Crivella, a situação mais crítica é a da avenida Niemeyer, em que houve deslizamento de terra e árvores em diversos trechos, atingindo dois ônibus. A via deve permanecer fechada durante todo o dia. Outro desabamento aconteceu na ciclovia Tim Maia, cerca de três anos após a ressaca que derrubou um trecho do local.A via também está interditada.

Cerca de 120 árvores caíram na cidade, em que também foram registrados apagões, bem como pontos de alagamento. Pela manhã, bairros ainda permaneciam sem luz. e chove fraco no município. A equipe de Defesa Civil recomenda que as pessoas fiquem em suas casas e se cadastrem no serviço de alertas por meio de mensagens de texto, bastando enviar o respectivo CEP para o número 40199. Emergências devem ser avisadas pelo telefone do Corpo de Bombeiros, e desabamentos iminentes devem ser alertados pelo número da Defesa Civil, 199. 

 

 

O governador Wilson Witzel participou, nesta quarta-feira, 06, de uma homenagem aos 80 militares do Corpo de Bombeiros que se revezaram nos trabalhos de busca e resgate em Brumadinho, em Minas Gerais. A equipe recebeu a Medalha do Mérito Força e Coragem. A comenda é conferida aos bombeiros que tenham se destacado em operações de grande relevância. "O Estado do Rio de Janeiro foi o primeiro a prestar a imediata solidariedade. Vocês fizeram um trabalho para o qual estão preparados. São estes valores que me fazem ter esperança, há homens e mulheres de bem trabalhando e servindo", afirmou o governador.

O secretário de Estado Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Roberto Robadey Jr., informou que o Governo do Estado do Rio mandará nova equipe para auxiliar no socorro às vítimas de Brumadinho. Serão enviadas duas duplas de militares e dois cães farejadores para a procura de mais mortos. A solicitação foi feita pelo governo de Minas Gerais.

"Amanhã mandaremos novamente uma equipe para apoiar este esforço à Brumadinho. O cão é muito preciso para localizar vítimas, então naquele mar imenso de lama e rejeitos, o animal vai indicar exatamente onde devem ser feitas as buscas. Colocamos nossos melhores veículos, aeronave e bombeiros para atuarem prontamente logo que recebemos a notícia do desastre. Quero agradecer aos bravos soldados do fogo e da lama, que abriram mão de estarem com suas famílias, para atender a esta tragédia", afirmou o secretário.

Para o capitão do Corpo de Bombeiros, Rodrigo Barbosa, um dos 80 homenageados, o grande desafio foi atuar em um terreno instável e com dificuldade enorme de locomoção. "Apesar desta ter sido a minha nona grande operação, ficamos impactados com o tamanho da tragédia. Muitos familiares nos abordaram para solicitar apoio para encontrarmos os corpos de seus entes queridos", contou o militar.

A cerimônia marcou também a entrega de dez viaturas do tipo ABSL, utilizadas para ocorrências de busca e salvamento. O investimento nos equipamentos foi de aproximadamente R$ 2.850.000, proveniente dos recursos arrecadados com a taxa de incêndio. Os veículos serão distribuídos para as unidades do Catete, Paraty, São Pedro da Aldeia, São Fidélis, Campos, Resende, Barra Mansa, Teresópolis, Cabo Frio e para o Grupamento de Operações com Produtos Perigosos (GOPP).

Barragens no estado
No evento que homenageou os bombeiros militares, o governador informou ainda que a Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade atua na fiscalização das barragens do estado. Um grupo de trabalho formado por técnicos da secretaria e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), em parceria com a Secretaria de Estado de Defesa Civil e Corpo de Bombeiros Militar e o Departamento de Recursos Minerais (DRM), tem cuidado da atualização do diagnóstico das barragens do estado, da revisão de normativos relacionados ao tema e da realização de ações de fiscalização.

Ao longo da próxima semana, todos os empreendedores serão notificados e terão prazo de 90 dias para realizarem a Inspeção de Segurança Regular em suas estruturas. "Estamos fazendo o dever de casa aqui no Rio de Janeiro, estamos fiscalizando nossas barragens para prevenir desastres", acrescentou o governador.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!