Quinta, 09 Abril 2020
previous arrow
next arrow
Slider

O Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon) da Defensoria Pública do Rio entrega nessa quarta-feira, 25, à Cedae relatório com pelo menos 475 denúncias recebidas pela Ouvidoria-Geral da instituição entre os dias 18 e 23 de março sobre falta d´água em 14 municípios do estado. As informações serão cruzadas com outras reunidas pelo Ministério Público e imediatamente discutidas num gabinete de crise criado especialmente para tentar dar solução a casos de desabastecimento durante o surto de Covid-19.

"Através desse canal criado com a Cedae, esperamos resolver rapidamente os problemas de falta de água da população em áreas desabastecidas, a fim de evitar um mal maior com a impossibilidade da higiene necessária com a limpeza com água e sabão, e consequentemente evitar contágio ainda maior do coronavírus entre essa população mais vulnerável da sociedade", resume o subcoordenador do Nudecon, Eduardo Chow.

Segundo ele, caso a negociação extrajudicial com a companhia não seja possível, o Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria e o Ministério Público podem ajuizar ação coletiva para garantir o abastecimento d´agua em todos os locais cobertos pela Cedae, principalmente comunidades carentes.

Das 475 denúncias que chegaram à Defensoria Pública em apenas cinco dias, 397 são do que o ouvidor-geral, Guilherme Pimentel, chama de “torneira seca”, ou seja, falta d´água rotineira. As reclamações abrangem 140 localidades, a grande maioria em favelas no município do Rio. As informações foram colhidas pela Ouvidoria por meio de mídias sociais com as quais mantém contato permanente com as comunidades.

"A crise da geosmina de certa forma havia mascarado o problema de desabastecimento d´água durante o verão. Agora que enfrentamos uma urgência sanitária ainda maior, colhemos os frutos da falta de política de saneamento nas favelas e periferias, que ameaça todos, indistintamente", avalia o ouvidor Guilherme Pimentel.

As cinco comunidades que mais enviaram denúncias à Ouvidoria foram Tabajaras (93 registros); Rocinha (27); Alemão (11); Maré (8); e Fallet (8).

De acordo com informações divulgadas pelo prefeito Samuca Silva, Volta Redonda regitrou o quinto caso confirmado de Coronavírus. O paciente, que, segundo o prefeito, está em isolamento domiciliar, seria um homem que foi atendido e diagnosticado no Rio de Janeiro, mas o caso não foi confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde 

A cidade também registrou a terceira morte por suspeita do Covid-19. O paciente estava internado no Hospital Dr. Munir Rafful, no Retiro; exames já foram encaminhados para o Laboratório Central Noel Nutels (Lacen), e o resultado deve sair em uma semana. 

Estado disponibiliza linha para tirar dúvidas sobre o Coronavírus 

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro disponibilizou o número 160 para que a população tire dúvidas a respeito do Coronavírus. O serviço opera gratuitamente 24 horas, para orientar e evitar que pacientes saudáveis se exponham ao contágio

 

Nesta terça-feira 24, a prefeitura de Volta Redonda está motnando um hospital de campanha nas instalações do estádio Raulino de Oliveira para pacientes com Coronavírus. De acordo com informações divulgadas pelo prefeito Samuca Silva, serão disponibilizados 114 leitos caso seja necessário atender um grande número de pacientes que manifestarem sintomas do Covid-19, com o objetivo de isolar estes de outros casos das unidades de emergência. 

"O estádio, além de ser arejado, conta com uma estrutura de vestiários, de centro de imagens, uma estrutura ampla para atender nessa crise", explica Samuca em transmissão ao vivo. 

Cidade registra segunda morte de paciente por suspeita de Coronavírus

Volta Redonda registrou a segunda morte por suspeita de Coronavírus em dois dias dias. A paciente é uma mulher de 67 anos, que apresentava sintomas da doença e morreu na segunda-feira, 23, assim como seu irmão, também idoso, falecido no sábado, 21. Os exames de ambos foram enviados ao Laboratório Central Noel Nutels (Lacen), e o resultado deve sair na próxima semana.  

 

Em Barra do Piraí, apenas a agência do Banco do Brasil permanece fechada durante paralisação por conta do novo Coronavírus, sujeito a mudanças. Horário padrão dos bancos é de 10 às 14h para público em geral (Foto: Reprodução) Matéria atualizada em 24/03 às 15h40

Com as medidas de mitigação decretadas pelo Governo do Estado e seguidas nos municípios, os bancos passaram a funcionar em horários reduzidos. Um horário padrão está sendo seguido pelos bancos de 10 às 14h para o público geral, porém cada agência tem autonomia para mudar. Com rodízios de funcionários e limitação de pessoas, o padrão indicado para entrar e sair nos estabelecimentos é de 10 pessoas por vez dentro dos locais.

Nossa reportagem apurou alguns detalhes sobre o funcionamento de alguns dos bancos. Veja abaixo:

Itaú: Das 9 às 10h estará aberto em horário especial para atendimento a aposentados e beneficiários do INSS. Para o público em geral, agência aberta das 10 às 14h

Bradesco: Também estará funcionando até as 14h e sua direção indica o uso da app do Bradesco para evitar aglomerações nas agências.

Caixa: O telefone de sua ouvidoria está à disposição para esclarecimentos: 0800 725 7474. Sua agência estará aberta das 10 às 14h para o público em geral.

Banco do Brasil: De acordo com um comunicado exposto na entrada de sua agência, atendimento fechado, funcionando apenas a área de caixas eletrônicos para depósitos e serviços online.

Atualização: Em contato com a nossa reportagem, o gerente da agência do Banco do Brasil em Barra do Piraí, Reinaldo Costa, emitiu uma nota justificando a paralisação da agência e passando orientações aos aposentados que recebem o pagamento do INSS, que começa amanhã (25). Na nota, o BB destaca aos usuários a utilização do cartão de débito para fazer compras, evitando aglomerações para sacar o dinheiro nas agências que estão abertas (fora de Barra do Piraí) e caixas eletrônicos, além da prova de vida que teve o prazo revogado por 120 dias, não sendo obrigado a fazê-la agora. O Banco do Brasil deixou um número de whatsapp disponível para dúvidas (61) 4004-0001, além do número da central 0800-729-0001.

Veja abaixo a nota oficial na íntegra:

Nesse momento, todos nós estamos dedicados a conter o avanço do Coronavírus. Precisamos utilizar todos os meios disponíveis para resolver tudo sem sair de casa e evitar o contato social. Mas isso não quer dizer que você está sozinho. O Banco do Brasil está com você.

Importante que você, beneficiário do INSS, avalie algumas questões antes de procurar uma agência bancária: O cartão de benefício do INSS faz compras. Não é preciso ter o dinheiro em mãos para comprar. Então, basta usar a função débito nos estabelecimentos. Será utilizada a mesma senha!

- Avalie a utilização do aplicativo BB no celular, Internet, ou uso de outros meios de pagamento (cartão de débito e crédito).

- Em caso de necessidade, procure os terminais eletrônicos, Banco 24 horas ou correspondentes bancários mais próximos de sua residência.

Evite horários com grande fluxo e mantenha a distância mínima de 2 metros da próxima pessoa.

- Faça a Prova de Vida depois. O INSS NÃO bloqueará os benefícios daqueles que não realizarem a prova de vida nos próximos 120 dias. Neste período, não vá até a agência para essa finalidade pois o BB não está fazendo prova de vida.

- E se você precisar falar com o BB sem sair de casa use o WhatsApp (61) 4004-0001 ou ligue para nossa Central 0800-729-0001.

Conte sempre com o Banco do Brasil!

INSS

24bancodobrasil

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), todos os seus bancos associados seguirão com suas agências abertas, com atendimento aos seus clientes, priorizando os públicos mais vulneráveis, como o de aposentados e pensionistas. O atendimento bancário, portanto, está garantido a todos. A Febraban recomenda aos usuários do setor bancário que, atendendo às recomendações das autoridades sanitárias, evitem deslocar-se para as agências bancárias e deem preferência a usar produtos e serviços dos bancos por meio dos canais digitais disponíveis para a população.

Por meio do celular e internet, os usuários podem fazer, com segurança, pagamento de contas, consulta de saldos e extratos, transferências financeiras, agendamento de pagamentos e contratação de serviços e empréstimos, entre outros. Nos aplicativos e Internet Banking, os clientes poderão encontrar ferramentas úteis para todas as necessidades, além de ter acesso a comunicados e canais de atendimento.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!