Terça, 28 Janeiro 2020
previous arrow
next arrow
Slider

Manifestação foi pacífica contra a decisão judicial que determinou a volta da cobrança de pedágio para os moradores dos distritos de Califórnia, São José de Turvo, Vargem Alegre e Dorândia (Foto: Anderson Fontanezi/TV Rio Sul)

Na tarde deste sábado (14), foi realizada uma manifestação na praça do pedágio da BR-393, no km 265, em Dorândia, contra uma decisão judicial que determinou a volta da cobrança do pedágio para quem tem carro emplacado em Barra do Piraí. Além disso, os manifestantes também reclamaram das condições de uma das estradas alternativas para chegar até o Centro sem ter que passar pelo pedágio na rodovia.

Sobre o protesto na Lúcio Meira, a K-Infra, concessionária que administra a rodovia, informou que teve congestionamento de 1 km no sentido Volta Redonda-Sapucaia, mas que não chegou a causar transtornos. Segundo a empresa, os manifestantes foram acompanhados pela Polícia Rodoviária Federal, que ajudou no controle do trânsito.

Em relação à volta da cobrança, foi garantido por uma decisão judicial, depois que a empresa entrou na Justiça contra a suspensão do valor da tarifa para os moradores de Barra do Piraí. Sobre as condições do caminho alternativo, o prefeito Mário Esteves disse que todos os 8 km da Estrada Governador Raimundo Padilha serão asfaltados e mais dois caminhos construídos para garantir o trânsito entre os distritos e o Centro do município.

Sobre a decisão da Justiça definitiva em favor da cobrança do pedágio, o prefeito declarou ter sido “pego de surpresa” com a determinação. A procuradoria de sua gestão foi acusada de ter perdido o prazo para recorrer contra essa decisão, concluindo assim um “trânsito em julgado” sobre a sentença, que significa que não há mais como revertê-la.

No início de dezembro, o prefeito de Barra do Piraí, Mario Esteves, recebeu diversos representantes da sociedade civil, visando colocar em prática a lei municipal de autoria do vereador Antônio José, que versa sobre o uso de fogos de artifício com barulho. Segundo informações da ssessoria de imprensa do município, Mario assegurou que a lei será regulamentada, mas haverá também uma audiência pública sobre o tema, para a qual pediu o engajamento de todos. A audiência acontece no dia 30 de janeiro de 2020, às 18 horas, na Câmara Municipal de Barra do Piraí. 

Segundo Mario, haverá atuação de agentes fiscalizadores visando coibir a prática. Estiveram no encontro representantes de autistas, animais e idosos, como a neuropsicopedagoga Ana Carolina Arnaut, que recordou o quão danosa pode ser a atividade envolvendo os fogos de artifício com barulho. “Os fogos de artifício podem ser bonitos apenas nos céus. Mas, a graça acaba quando nos deparamos com o pânico e transtornos causados, sobretudo nas crianças, principalmente as autistas. Algumas podem convulsionar e, dependendo do grau, faltando altos índices de oxigênio no cérebro, podem ter causas futuras, em alguns casos irreversíveis", diz a profissional.

Mario Esteves é enfático ao abordar a importância de discutir o tema. “Dialogamos a respeito deste assunto e vimos a necessidade de regulamentarmos esta Lei Municipal. Antes disso, um profundo debate nas ruas deve ser feito, culminando com a Audiência Pública, onde demais representantes do Executivo e do Legislativo vão debater com membros da sociedade civil e do Ministério Público, que será convidado. Após, vamos nomear fiscais, que vão amparar essas classes, que são as mais prejudicadas com esta prática”, grifa. 

   

Populares filmaram a ação do Corpo de Bombeiros, que retirou o condutor do carro debaixo das ferragens. Ele teve alguns ferimentos e foi encaminhado para a Santa Casa (Foto: Whatsapp)

Foi registrado na tarde desta quinta-feira (12), um acidente entre um veículo Gol de cor branca e uma carreta, no Viaduto Faria Lima, ligação entre a Praça Oliveira Figueiredo com a Rua Franklim de Moraes.

Segundo informações prévias de testemunhas, o condutor do Gol, de identidade não revelada, chegou a ficar preso nas ferragens. Ele foi retirado pelo Corpo de Bombeiros com ferimentos moderados e foi encaminhado para o Hospital Santa Casa. O motorista da carreta não se feriu.

O viaduto foi interditado pela Guarda Municipal até a retirada dos veículos e o trânsito ficou parado no trecho. Nas ruas adjacentes, foram registradas lentidões no fluxo dos veículos.

Serviço está paralisado por tempo indeterminado por conta de atrasos salariais. Secretário de comunicação da prefeitura afirma que órgão está em dia com a empresa (Foto: Reprodução)

Na manhã desta terça-feira (10), os funcionários da empresa Eko Ambiental, responsável pela coleta de lixo em Barra do Piraí, entraram em greve sem tempo determinado para retorno. Segundo relatos através das redes sociais, o serviço já foi interrompido e a indicação é que os moradores não deixem lixo nos locais de recolhimento até o retorno do trabalho.

Nossa reportagem apurou que os funcionários da empresa estão com os salários atrasados e receberam um informe da direção da Eko Ambiental de que não há previsão para pagamento. Segundo informações de populares, esses profissionais estiveram nesta tarde em protesto na frente da sede da empresa, no bairro Oficina Velha. De acordo com o secretário de Comunicação da prefeitura, Frank Tavares, o órgão público está em dia com a prestadora de serviço e que, em breve, sua pasta irá soltar uma nota oficial com mais detalhes sobre a parceria.

Atualização: 15h – 11/12/2019

 Após uma reunião com a direção da empresa e o depósito dos salários em atraso, os funcionários da coleta de lixo em Barra do Piraí retornaram ao serviço no fim da manhã desta quarta-feira (11).

Em nota, a prefeitura declarou ter se surpreendido com a paralisação e afirmou estar em dia com o pagamento mensal de R$ 234 mil com a Eko Ambiental. O órgão público disse que tal suspensão não teria justificativa e cobrou o retorno imediato do serviço, sob pena das sanções contratuais cabíveis. Apesar de negar atraso, a prefeitura não publicou documentos que comprovassem o pagamento em dia de suas responsabilidades.

A empresa Eko Ambiental não se pronunciou em nenhum momento sobre a greve.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!