Quarta, 18 Setembro 2019
previous arrow
next arrow
Slider

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado das Cidades, retomou obras de casas populares que estavam paradas desde 2013. As intervenções já estão em andamento em três cidades do interior: Pinheiral e Barra do Piraí, no Sul Fluminense, e Laje do Muriaé, no Noroeste Fluminense. As informações foram divulgadas pela assessoria de imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

“Estes são apenas os primeiros de muitos empreendimentos que serão retomados no estado. A nossa prioridade é dar andamento às obras já iniciadas. Isso evita que o investimento que já foi feito se perca. A demanda habitacional é uma das prioridades do governador Wilson Witzel. Queremos levar dignidade às famílias que aguardam por essas moradias”, disse o secretário das Cidades, Juarez Filho.

Em Pinheiral, o empreendimento Parque Mayra I e II contará com 110 casas de 31,41 m², com quarto, sala, cozinha, banheiro, sendo cinco moradias adaptadas para pessoas com deficiência (PCD). As residências já estão construídas e vão beneficiar uma população de aproximadamente 440 pessoas. A secretaria está realizando obras de infraestrutura e de urbanização, que incluem rede de abastecimento de água potável, esgoto sanitário, abertura de ruas e coleta de águas pluviais. A previsão de entrega é de seis meses.

Em Barra do Piraí, no conjunto Vargem Alegre, 39 casas, de um total de 81 unidades, já estão prontas. A expectativa é que cerca de 320 pessoas sejam diretamente beneficiadas pelo empreendimento que tem previsão de entrega para junho de 2020.  Cada unidade terá quarto, sala, cozinha e banheiro distribuídos por 31,20m2. Uma moradia, com 41,53m2, será construída para atender pessoa com deficiência (PCD), incluindo acessibilidade e rampa de acesso para cadeirante.

No momento, a equipe está atuando na limpeza do terreno, drenagem e instalações sanitárias. Serão realizadas ainda obras de infraestrutura, englobando urbanização, saneamento e pavimentação de ruas. Estima-se que a obra, que está sendo retomada pela Secretaria das Cidades, possa gerar aproximadamente 30 empregos para a região, de forma direta e indireta.

Em Lage do Muriaé, no conjunto Boa Vista, o empreendimento, que também estava com obras paralisadas, terá 188 casas populares e obras de infraestrutura, com implantação de rede de água potável, de águas pluviais, sistema de esgotamento sanitário, calçamento, paisagismo e praça.

Do total de unidades habitacionais, 182 são do tipo duplex, com sala, dois quartos, cozinha e banheiro. Outras seis moradias, com um quarto, são adaptadas para portadores de necessidades especiais, com instalação de barras de apoio e portas mais largas para facilitar o acesso de cadeira de rodas. O prazo para conclusão dos serviços é de seis meses. 

Novo espaço contará com gabinetes individualizados, equipamento de informática, sala de mediação, rampas de acessibilidade, sala de reunião, refeitório, copa e um auditório. As instalações da coordenação ficam no segundo andar (Foto: Raoni Carmo) 

Com a presença de autoridades municipais e estaduais, foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (12) a nova sede da Defensoria Pública do Rio de Janeiro em Barra do Piraí, no bairro Matadouro, Rua José Alves Pimenta, nº 1221.

A solenidade de entrega do espaço foi realizada às 11h, com as presenças do prefeito de Barra do Piraí, Mario Esteves; o defensor geral do Estado, Rodrigo Pacheco; o defensor público e secretário estadual de Infraestrutura, Alexandre Romo; o delegado titular da 88ª DP, Wellington Vieira, o presidente da OAB de Barra do Piraí, Christopher Taranto; a coordenadora-geral do interior e Baixa Fluminense, Luciene Torre; e os defensores titulares da Comarca de Barra do Piraí, Leonardo Acioly (há 23 anos no cargo), Flávio Cabral e Katia Takenaka.

Todas as autoridades que discursaram fizeram questão de elogiar a estrutura do local, com salas para todos os defensores e estagiários, espaço amplo de atendimento ao público, com conforto e climatização, além do tempo recorde de obra, que contou com a participação efetiva de equipes do estado, prefeitura, com o apoio da UniFoa (Centro Universitário de Volta Redonda).

Na nova sede funcionará o núcleo de primeiro atendimento da DPRJ e os órgãos de atuação da instituição junto às varas cível, criminal, de família, da infância e juventude e dos idosos. O local também concentrará o atendimento dos assistidos junto ao juizado da violência doméstica, juizado especial cível e do juizado da fazenda pública.

O espaço conta ainda com gabinetes individualizados, equipamento de informática, sala de mediação, rampas de acessibilidade, sala de reunião, refeitório, copa e um auditório. As instalações da coordenação ficam no segundo andar.

20190712 111449

Foto: Felipe Castro

De acordo com Wanderson Barbosa, secretário de Água e Esgoto de Barra do Piraí, um registro foi furtado e um cano quebrado no reservatório do bairro. Funcionários tentam reativar o sistema (Foto: Reprodução)

Desde terça-feira (09), moradores do bairro Cantão, em Barra do Piraí, procuraram a reportagem do Grupo RBP de Comunicação para relatar que novamente a localidade se encontra sem abastecimento de água. Nossa equipe fez contato com o secretário de Água e Esgoto, Wanderson Barbosa, que desde então tenta encontrar o motivo e a solução de mais um problema na área.

Na manhã desta quarta-feira (10), Wanderson declarou, com exclusividade para nossa reportagem, que não houve vazamento na rede de abastecimento. Os funcionários da secretaria, segundo o secretário, descobriram danos no reservatório que distribui água por qualidade: um registro foi furtado e um cano quebrado.

Ainda não se sabe oficialmente quem foi o responsável pelo prejuízo, porém, o secretário declarou que acredita ser alguém que tenha por intenção “sabotar” o sistema e causar prejuízos ao trabalho do SAE.

Funcionários da Secretaria de Água e Esgoto seguem trabalhando no local para que o abastecimento volte ao normal, ainda sem previsão para que isso aconteça. O secretário não declarou se vai abrir inquérito para a investigação do ocorrido.

Foto: Print de um vídeo enviado via whatsapp pelo secretário Wanderson Barbosa

Nos primeiros seis meses deste ano, os cinco postos da Operação Barreira Fiscal localizados em importantes divisas do Estado - Angra dos Reis, Timbó, Nhangapi, Mato Verde e Levy Gasparian - aumentaram em 72% o volume de veículos fiscalizados e revistados. Foram 66.491 este ano, contra 38.760 no primeiro semestre de 2018.

Devido ao aumento nas revistas veicular e pessoal ocorrida nos postos e através das equipes volantes, houve um aumento de 166% no registro de ocorrências policiais. Este ano, até o final de junho, foram registradas 1.416 ocorrências, contra 533 no mesmo período do ano passado. A apreensão de drogas representa 85% do total de ocorrências policiais (1.202 ocorrências e 32,5kg de drogas apreendidas).

Em função do aumento nas abordagens nos postos fiscais e rodovias, foram capturados 63 foragidos da Justiça com mandados de prisão pendentes - o que representa um aumento de 1.200% em relação ao mesmo período do ano anterior. A apreensão de armas de fogo também aumentou significativamente, cerca de 300%. Foram 20 armas de fogo retiradas das estradas este ano contra cinco apreendidas no primeiro semestre de 2019.

Segundo o Secretário de Governo Gutemberg Fonseca, este aumento expressivo nos registros das ocorrências é resultado da reavaliação das metas estipuladas pelo Governo Wilson Witzel.

- Este ano estamos intensificando as ações de pente fino em todos os nossos postos e nas estradas. Fizemos um redesenho da Barreira Fiscal ampliando a atuação da Operação para o viés da segurança pública, mas sem prejudicar o suporte dado a Secretaria de Fazenda. – explicou Rosanna, coordenadora do programa Barreira Fiscal.

As equipes volantes da Barreira Fiscal, que atuam nas rodovias estaduais e dentro das cidades, abordando veículos suspeitos e fazendo a checagem de cargas, também tiveram um aumento de produtividade. Foram 132% ações a mais nestes primeiros seis meses do ano, em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a junho foram 188 ações (entre blitzes, diligências de apoio, rondas e escoltas), contra 81 realizadas no ano passado.

A Operação Bomba Limpa, que é um braço da Barreira Fiscal e atua na fiscalização de postos de combustíveis em parceria com o Procon, a ANP e o IPEM, fiscalizou 67 postos e lacrou 33 bombas/bicos, o que representa um acréscimo de 43% na constatação de irregularidades contra o consumidor.

Parcerias

Algumas parcerias importantes também foram consolidadas nestes 180 dias do ano como a que foi celebrada com o Disque-Denúncia e 190 da Polícia Militar, para o recebimento de queixas sobre a entrada de armas e drogas no Estado, além de mercadoria pirateadas, contrabando e fraudes praticadas pelos postos de combustíveis. Foi firmada parceria com o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER), que permite a autuação em rodovias estaduais e a importante colaboração das equipes da Receita Federal e Polícia Federal que atuam com cães farejadores nas ações de revista.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!