Quarta, 08 Abril 2020
previous arrow
next arrow
Slider

Uma operação tapa-buracos realizada pela prefeitura causa lentidão em longo trecho. Trânsito fica no sistema ‘siga e pare’ e Guarda Municipal faz a orientação (Foto: Felipe Castro)

Na manhã desta quarta-feira (11), a prefeitura de Barra do Piraí iniciou uma operação para tapar um enorme buraco na Ponte Metálica, no Centro. Com isso, o trânsito foi organizado no sistema ‘siga e pare’ pela Guarda Municipal, com meia pista no trecho, causando lentidão e engarrafamento.

Segundo registro de nossa reportagem, o trânsito ficou parado desde a ponte, passando pela Rua Barão do Rio Bonito, Rua Angélica, chegando inclusive a Rua Dr. Luiz Barbosa, no início do bairro Matadouro. O trânsito também ficou lento no Centro, próximo a Praça Pedro Cunha (Largo da Feira), passando também pela Rua Governador Portela. A orientação da Guarda Municipal é para que os motoristas usassem a Ponte Irmãos di Biase, popular Ponte do Royal, para acessar os bairros do outro lado do Rio Paraíba do Sul.

Segundo os profissionais, eles alegam atraso nos salários, horas extras e outros benefícios, além de falta de equipamento de proteção. Prefeitura e empresa dão versões diferentes sobre atrasos (Foto: Reprodução)

Os funcionários da empresa Eko Ambiental, responsável pela coleta seletiva de lixo urbano em Barra do Piraí, anunciaram greve na manhã desta segunda-feira (09), alegando atraso nos pagamentos dos salários, das horas extras e dos cartões alimentação, além de falta de equipamentos de proteção.

Os empresários proprietários da empresa alegam que os problemas foram causados pelos atrasos da prefeitura nos pagamentos dos serviços executados. Através de nota, o prefeito Mario Esteves (PRB) desmentiu a versão da empresa e afirmou que todos os pagamentos referentes à prestação de serviço de coleta de lixo urbano foram feitos de forma ágil e sem atrasos. Ele atribuiu a paralisação no serviço a problemas internos na empresa Eko Ambiental, que seriam de responsabilidade de seus diretores. Ainda não há informações sobre um possível acordo e fim da greve.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística abre mais de 100 vagas temporárias para recenseador e agentes censitários, com inscrições abertas até o dia 24 no site do Cebraspe (Foto: Divulgação)

O IBGE vai contratar temporariamente 105 pessoas em Barra do Piraí. São 92 vagas para Recenseador e 13 para Agente Censitário. Também há vagas para todos os municípios da nossa região.

As oportunidades são para trabalhar no Censo Demográfico 2020, que entrará de casa em casa para compor um novo retrato da realidade do Brasil. Para executar esta tarefa, serão contratados temporariamente 208.695 pessoas em todo país, por meio de dois editais de Processos Seletivos Simplificados (PSS), já lançados no dia 5 de março. A função que oferece maior número de vagas (180.557) é a de Recenseador, exigindo nível de ensino fundamental. O outro edital visa preencher 5.462 vagas de Agente Censitário Municipal (ACM) e 22.676 vagas de Agente Censitário Supervisor (ACS), ambas as funções de nível médio. As inscrições já estão abertas, e vão até 24 de março, no site do Cebraspe.

A remuneração mensal prevista para o Agente Censitário Municipal é de R$ 2.100,00. Ele desempenha a função de gestor de uma equipe de agentes supervisores e de recenseadores. O Agente Censitário Supervisor receberá R$ 1.700,00 por mês, cumprindo funções técnicas, administrativas e operacionais. Já o Recenseador ganhará por produtividade, a depender da área de coleta de dados e da quantidade de estabelecimentos recenseados.

A taxa de inscrição para as funções de nível médio é de R$ 35,80 e para Recenseador, de R$ 23,61. Os valores podem ser pagos em qualquer banco, casa lotérica ou pela internet.

Greve na Viação Barra do Piraí ocorreu nas primeiras horas desta segunda-feira, porém, de acordo com o jurídico da empresa, serviço já foi normalizado (Foto: Reprodução)

Nas primeiras horas desta segunda-feira (09), funcionários da Viação Barra do Piraí, empresa de ônibus que faz linha intermunicipal e também para os distritos barrenses, entraram em greve. O motivo da paralisação seria um atraso salarial, de acordo com alguns funcionários, porém sem mais detalhes divulgados.

Ainda na manhã desta segunda-feira, o serviço da empresa voltou a sua normalidade com o retorno desses funcionários. Nossa reportagem entrou em contato com o setor jurídico da Viação Barra do Piraí, que confirmou o fim da greve, entretanto, não explicou o motivo da paralisação e o acordo feito para o fim dela.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!