Quarta, 18 Setembro 2019
previous arrow
next arrow
Slider

Através das redes sociais, a prefeitura de Barra do Piraí anunciou que os beneficiários do Bolsa Família têm até sexta-feira (12) para a pesagem de crianças e gestantes.

Segundo o comunicado: o beneficiário deve comparecer a unidade de saúde mais próxima, com o cartão do Bolsa Família, a carteirinha de vacinação atualizada e, no caso das gestantes, o cartão de acompanhamento pré-natal em mãos.

Saiba o que é o ‘Bolsa Família’ 

É um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade. O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde. Em todo o Brasil, mais de 13 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família.

Na noite desta segunda-feira (08), um motociclista bateu de frente em um carro e ficou gravemente ferido. O acidente aconteceu no km 280 da BR-393, a Rodovia Lúcio Meira, no distrito da Califórnia, em Barra do Piraí.

A vítima, de 36 anos, sem identidade revelada, foi socorrida previamente por uma equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhada pelo SAMU ao Hospital São João Batista, em Volta Redonda. Segundo informou a unidade médica, o motociclista segue em situação grave, na emergência, com múltiplas fraturas pelo corpo, porém sem possibilidade por hora de passar por cirurgia. O condutor do veículo, de 45 anos, não se feriu.

Em relação ao trânsito, não houve a necessidade de interrupção da pista. Os veículos circularam por uma área paralela a rodovia, sem congestionamento, apenas com lentidão.

Foto: Divulgação PRF

O atendimento da Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPRJ) em Barra do Piraí vai mudar de endereço. A nova sede, a ser inaugurada na próxima sexta-feira (12), foi ampliada destinando maior espaço físico para atendimento ao público, além de estar localizada próxima ao fórum e delegacia.

No novo endereço, na Rua José Alves Pimenta, n. 1221, no bairro Matadouro, segundo a defensora Luciene Torres, coordenadora-geral da Baixada Fluminense e Interior, será possível melhorar o atendimento à população local.

– A construção de uma nova sede para a Defensoria Pública se deu pela necessidade de um espaço de atendimento mais amplo e que pudesse unificar todos os órgãos de atuação da instituição. A nova sede fica próxima à delegacia e ao fórum, o que facilita o atendimento tanto para à população, quanto para os defensores públicos e a equipe da DPRJ – afirma.

Na nova sede funcionará o núcleo de primeiro atendimento da DPRJ e os órgãos de atuação da instituição junto às varas cível, criminal, de família, da infância e juventude e dos idosos. O local também concentrará o atendimento dos assistidos junto ao juizado da violência doméstica, juizado especial cível e do juizado da fazenda pública.

O espaço conta ainda com gabinetes individualizados, equipamento de informática, sala de mediação, rampas de acessibilidade, sala de reunião, refeitório, copa e um auditório. As instalações da coordenação ficam no segundo andar. Participarão da inauguração o defensor público-geral Rodrigo Pacheco, o prefeito da cidade Mario Esteves e a coordenadora-geral da Baixada e do Interior Luciene Torres.

Foto: Vicente Siqueira

O 1º Grupo de Câmaras Criminais do TJ definiu que os vereadores de Petrópolis Ronaldo Luiz de Azevedo Carvalho, o Ronaldão, Luiz Antônio Pereira Aguiar, o Luizinho Sorriso, Reinaldo Meirelles da Sá e Wanderley Taboada continuarão afastados de suas funções até que novo julgamento seja marcado. Por sua vez, o julgamento do pedido de prisão preventiva do ex-presidente da Câmara Municipal de Petrópolis, Paulo Igor, e dos vereadores afastados, marcado para a última quarta-feira, 03, foi adiado para que Paulo Igor ofereça contrarrazões ao recurso ministerial.

A Operação “Caminho do Ouro” foi deflagrada em abril de 2018 e resultou na decretação da prisão de Paulo Igor e do vereador Luiz Eduardo Francisco da Silva, o “Dudu”, pela prática dos crimes de formação de quadrilha, fraude em licitação e peculato, infrações que ocasionaram prejuízo superior a R$ 1 milhão ao município de Petrópolis. No cumprimento do mandado de busca e apreensão foram apreendidos mais de R$ 155 mil em espécie na banheira de hidromassagem na residência de Paulo Igor. O dinheiro estava divido em maços, nos quais constavam os apelidos e as iniciais de outros vereadores (RONALDÃO, L.S., WT e MEI).

Em outro inquérito policial, apurou-se que as propinas recebidas por esses vereadores decorriam de desvios de dinheiro público através de pagamentos superfaturados, autorizados por Paulo Igor a empresas que prestavam serviços à Câmara Municipal de Petrópolis.

Em janeiro deste ano, na Operação “Sala Vip”, resultado de desdobramento da “Caminho do Ouro” e realizada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e pela Polícia Civil, Paulo Igor foi denunciado por cooptar outros vereadores, através do pagamento de verba mensal, para obter maioria de votos na Casa e manter-se no cargo de presidente.

De acordo com a Subprocuradoria-Geral de Justiça de Assuntos Criminais e de Direitos Humanos (SUBCDH/MPRJ), responsável pelas investigações, a prisão dos vereadores é necessária, pois os mesmos continuam participando do esquema criminoso e podem atentar contra a integridade física do colaborador que vem auxiliando nas investigações.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!