Sábado, 20 Julho 2019
previous arrow
next arrow
Slider

A possibilidade de realizar o Grande Prêmio do Brasil no Rio de Janeiro, a partir de 2021, foi debatida nesta segunda-feira, 24, em reunião entre o presidente Jair Bolsonaro, o governador Wilson Witzel e representantes da Fórmula 1 e da empresa Rio Motorsports, licitada para a construção do novo autódromo da cidade do Rio. A corrida é realizada desde 1990 em Interlagos, em São Paulo.

Na ocasião, Witzel agradeceu o empenho do presidente Bolsonaro, do prefeito Marcelo Crivella e da Câmara de Vereadores do Rio para a construção do novo autódromo, em Deodoro, na Zona Norte do Rio. A previsão é de que a pista, que será construída com 100% de capital privado, seja entregue em 2020, a tempo de receber a maior competição automobilística do mundo.

“Estamos mostrando nosso espaço e o que podemos oferecer. Esse é um projeto importante para o desenvolvimento econômico e social do Rio de Janeiro e estou à disposição para apoiar nas questões do Estado, como na mobilidade intermunicipal, na SuperVia e na segurança pública para, assim, fazer com que esse evento seja um sucesso”, disse o governador.

Para Bolsonaro, o fato do Rio de Janeiro ter mais espaço é um ponto positivo para a mudança de sede do Grande Prêmio do Brasil. “A área é muito mais ampla no Rio. Hoje, São Paulo oferece 30 mil lugares. O projeto carioca é de 130 mil, além de oferecer uma pista multiuso, moderna e sustentável, que vai poder ser utilizada o ano inteiro”, explicou.

O diretor-executivo da F1, Chase Carey, afirmou que pretende manter a competição no Brasil, mas seguindo um projeto mais amplo de negócio. Ele usou como exemplo o campeonato de futebol americano Super Bowl, que vai além da final da NFL, promovendo entretenimento, shows, feiras gastronômicas e dinamizando a economia.

“Não estamos só preocupados com a qualidade da pista, dos boxes, mas que o evento impacte positivamente na região que ela vai acontecer, trazendo desenvolvimento para a região e faça realmente a diferença na cidade. Uso o exemplo do Super Bowl, campeonato de futebol americano, que oferece no período que acontece entretenimento, shows, feiras gastronômicas, algo que ultrapassa o jogo em si”, afirmou o americano.

O encontro teve a participação do secretário de Governo, Gutemberg Fonseca, e da diretora comercial da F1, Chloe Targett-Adamso.

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, em parceria com a prefeitura de Barra do Piraí, inaugurou na manhã dessa quarta-feira (12) o Polo Integrado Total da Fundação Centro de Educação a Distância do Estado (Cecierj) com o Centro de Ensino de Jovens e Adultos (Ceja), localizado na Rua Antônio da Silva Brinco, no bairro Oficina Velha.

A solenidade contou com a presença de diversas autoridades municipais e estaduais, incluindo o Secretário Estadual de Ciência, Inovação e Tecnologia, Leonardo Rodrigues; o Deputado Estadual e ex-secretário da pasta, Gustavo Tutuca; o Presidente da Faculdade de Educação Tecnológica do Estado do Rio de Janeiro (Faeterj), Romulo Massacesi e o Prefeito de Barra do Piraí, Mario Esteves, entre outras.

Durante seu discurso, o prefeito Mario Esteves declarou que o polo inaugurado foi a melhor notícia desse ano de 2019, uma oportunidade para alunos de Barra do Piraí começarem a estudar no ensino fundamental e finalizar com uma graduação pública ou curso técnico, sem precisar deixar a cidade. O secretário Leonardo Rodrigues revelou que o polo integrado disponibilizará cerca de 900 vagas no total, entre qualificação profissional, ensinos fundamental e médio, e cursos técnico e superior. Secretário da pasta quando o projeto começou a sair do papel, o deputado Gustavo Tutuca agradeceu ao empenho do governador Wilson Witzel para que, em cinco meses, um projeto que ficou parado há cinco anos pudesse sair do papel. Ele ressaltou que em três mandatos como deputado, esse foi o seu “maior momento como político por ter conseguido ajudar no projeto e em sua implantação".

O Polo Integrado Total do Cecierj e Ceja é um projeto inovador com o objetivo de proporcionar para alunos de todas as idades um ensino completo, desde o fundamental, até o profissional e bacharelado, sem que a população de Barra do Piraí precise sair do município, como sempre foi tradicional na cidade. A promessa é que quase mil estudantes possam concluir sua vida acadêmica no espaço, uma experiência completa para o aluno.

Após a cerimônia, o secretário, o prefeito e o deputado participaram do programa Show da Manhã, na Rádio Barra do Piraí AM, sob o comando do radialista Nilton Luís, onde ressaltaram também que uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA) será inaugurada no espaço onde se encontra o Polo de Emergência da Santa Casa de Barra do Piraí, uma parceria entre prefeitura e governo do estado.

Live com a entrevista do trio no programa Show da Manhã: https://www.facebook.com/GrupoRBPdeComunicacao/videos/492642074872151/

06inauguracao06inauguracao06inauguracao06inauguracao06inauguracao

Fotos: Felipe Castro

O governador Wilson Witzel se reuniu, na tarde desta terça-feira, 23, com os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, em Brasília, para alinhar o encontro agendado no próximo dia 8 de maio, no qual os 27 governadores irão apresentar aos presidentes das duas Casas e líderes de bancadas uma nova proposta para o pacto federativo. "Viemos trazer propostas que possam ajudar a reequilibrar as contas dos Estados e, ao mesmo tempo, ajudar a aprovar a Reforma da Previdência, que é um projeto do país. Espero que consigamos fechar uma pauta positiva para os entes federativos e a União, e contamos aqui com o apoio do presidente da Câmara, Rodrigo Maia", falou Witzel, após a reunião na residência oficial do presidente da Câmara.

Entre as propostas levadas por Witzel e o Fórum de Governadores, estão a mudança nas leis que permitem a abertura de concessão pelos entes federativos, e a facilitação de repasses dos fundos de segurança pública, do sistema penitenciário e de Educação Básica (Fundeb). Na ocasião, Maia agradeceu a liderança do governador Witzel e prometeu apoiar o andamento das propostas no Legislativo. "Agradeço ao governador pela liderança nessa reunião. No dia 8, teremos uma grande pactuação federal, através da Câmara e do Senado, olhando os projetos de interesse do Brasil. Vai ter muita coisa positiva nessa pauta para conseguir recursos para os estados. Também estamos pensando em resolver a situação do Rio. Tem muita coisa parada", afirmou Maia.

Fórum de Governadores

Mais cedo em Brasília, Witzel participou do IV Fórum de Governadores, que compilou as propostas debatidas em reuniões anteriores para uma atuação efetiva. "Nós elencamos algumas propostas, como a ampliação da participação da União na capitalização do Fundeb, a aprovação da Lei Kandir, que trata da compensação de impostos, a descentralização do poder de concessão de energia elétrica, portos e aeroportos nos estados, e também o projeto que torna mais fácil o repasse de fundos importantes aos estados, como o da segurança pública e do sistema penitenciário. Vamos trabalhar agora nos textos. O fórum deixou de ser de debates e passou a ser um Fórum de ação", afirmou. A próxima reunião está prevista para o dia 11 de junho.

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da Subprocuradoria-geral de Justiça de Assuntos Criminais e de Direitos Humanos, e a Polícia Civil, por meio da Coordenadoria de Investigações de Agentes com Foro - CIAF, realizam nesta segunda-feira, 1º de abril, nova fase da Operação Caminho do Ouro que, em 12 de abril de 2018, cumpriu mandados de prisão preventiva contra o então presidente da Câmara de Vereadores de Petrópolis, vereador Paulo Igor da Silva Carelli. O objetivo é cumprir mandado de busca e apreensão na residência do ex-parlamentar, para recolher novos aparelhos de telefone celular e equipamentos eletrônicos, com a quebra de sigilo de mensagens e dados de informática.

Na nova denúncia, apresentada no dia 22 de fevereiro, aponta o MPRJ que, em 11 de janeiro de 2019, quando do cumprimento de outro mandado em sua residência, situada no bairro Morin, em Petrópolis, Paulo Igor embaraçou as investigações de infrações penais que envolvem organização criminosa da qual é integrante, ao desinstalar o aplicativo de comunicação Whatsapp de seu aparelho celular, após ser comunicado acerca da execução da ordem judicial. Ao agir dessa forma, o denunciado, acusado do desvio de mais de R$ 1,4 milhão de recursos públicos do município da Região Serrana, teve a intenção de dificultar o acesso dos órgãos de persecução penal aos indícios e às provas certamente presentes no seu telefone sobre os crimes de corrupção passiva, peculato, lavagem de dinheiro e fraude em licitação nos quais está envolvido.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!