Quarta, 20 Março 2019
previous arrow
next arrow
Slider

Governador recebe Anistia Internacional e pais de Marielle Franco no Palácio Guanabara

O governador Wilson Witzel recebeu, nesta quarta-feira, 13, Jurema Werneck e Margaret Huang, diretoras-executivas da Anistia Internacional Brasil e Estados Unidos, respectivamente, além dos pais de Marielle Franco, Antônio Francisco da Silva e Marinete Silva. No encontro, no Palácio Guanabara, Witzel reiterou o compromisso do Governo do Estado com a segunda fase do caso, que, a partir de agora, investigará as motivações e o possível mandante do crime. Nesta quinta-feira, 14, o atentado contra a vereadora e o motorista Anderson Gomes completa um ano 

“A Secretaria de Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro estão empregando todos os esforços neste caso. Asseguro a todos que vamos seguir trabalhando para que tudo seja esclarecido. Temos uma polícia altamente capacitada e independente, que se utilizou de técnicas modernas de investigação na primeira fase e continuará da mesma forma na segunda etapa”, afirmou o governador.

As representantes da Anistia Internacional agradeceram pelo encontro e apresentaram a proposta de um mecanismo independente para acompanhar a investigação policial. Jurema ainda pontuou que o Brasil pode fazer a diferença ao elucidar o crime de grande repercussão no país e no mundo.

“Nossa presença hoje serviu para apresentar as preocupações da Anistia Internacional no caso Marielle Franco e também reconhecer o primeiro passo dado ontem, quando foram apresentados os dois suspeitos de assassinar Marielle. Tivemos a oportunidade de ouvir do governador o firme compromisso de seguir com as investigações e a concordância de que este foi apenas o primeiro passo. Ele se comprometeu diante da família de Marielle e da Anistia que a investigação vai prosseguir até que possamos responder a todas as questões que estão sendo colocadas”, disse a diretora-executiva brasileira.

Marinete Silva, mãe de Marielle, disse se sentir mais segura após a reunião com o governador e ouvir a garantia do prosseguimento do caso. “Foi uma honra ter sido recebida pelo governador e ouvir dele o compromisso com a segunda etapa da investigação”, declarou Marinete.

Conselho Estadual de Segurança

Wilson Witzel também falou sobre a iniciativa do governo de ter criado o Conselho de Segurança do Rio de Janeiro pela primeira vez no Rio de Janeiro. E, aproveitou para convidar a Anistia Internacional a participar das reuniões do órgão. “A Anistia Internacional está convidada a acompanhar as reuniões do nosso Conselho Estadual de Segurança. Estamos sempre abertos ao diálogo. Nosso compromisso é com a ética e transparência”, disse.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!