Terça, 23 Abril 2019
previous arrow
next arrow
Slider

Mais uma empresa que fechará as portas causando desemprego em Barra do Piraí. O vereador Cristiano Almeida (PP) publicou em sua página no facebook que, de acordo com um funcionário, a fábrica Schioppa, localizada no km 272 da Rodovia Lúcio Meira (BR-393), comunicou seu fechamento dentro de 30 a 45 dias. Nossa equipe tentou, desde a manhã de hoje (13), contato com a direção da empresa que não atendeu e nem retornou nossas ligações.

O vereador usou seu facebook para criticar a secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico da Barra do Piraí, especificamente seu secretário, Wagner Aiex, que também é presidente da Associação Comercial e Empresarial de Barra do Piraí (ACEBP). Segundo o vereador, a pasta citada não produziu nada nos últimos dois anos. “O que gerou de emprego na cidade? Quantas empresas atraíram ao município? Quando a secretaria de desenvolvimento econômico vai começar a trabalhar? Ainda podemos reverter isso. Trabalhem”, escreveu. Cristiano ainda se colocou a disposição de buscar mais informações e tentar reverter essa situação.

download

Vereador Cristiano Almeida usou suas redes sociais para informar fechamento da fábrica e cobrar a prefeitura

Nossa equipe de reportagem fez contato com o secretário citado, Wagner Aiex, que enviou uma nota oficial da prefeitura em relação ao ocorrido. De acordo com ela, a prefeitura não tem nenhuma responsabilidade ou relação com o fechamento da empresa, que se trata na verdade de uma diretriz interna da fábrica. “Não foi por falta de incentivo, nem de diálogo com o Executivo. Inclusive, nesta quarta (13), um diretor da instituição será recebido, no Palácio 10 de Março, pelo secretário de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Wagner Aiex”, esclarece.

Segundo o próprio secretário, essa reunião seria para tentar encontrar uma saída e evitar o fechamento da Schioppa. Ainda em nota, a prefeitura se defende usando uma estatística do Ministério do Trabalho para justificar a competência de sua secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico. “O Ministério do Trabalho e Emprego divulgou, recentemente, os dados oficiais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), referentes a 2018. Barra do Piraí acumulou saldo positivo naquele ano. Ao todo, como narram os números, foram 4.005 admissões, contra 3.902 demissões nos últimos 12 meses. As estatísticas oficiais do Ministério do Trabalho comprovam os resultados positivos alcançados pela Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, que continuará 100% envolvida em trazer empreendimentos para a cidade, como a loja de uma grande rede, que, em breve, chegará ao Centro, gerando mais dezenas de empregos diretos”, cita a nota.

aiex

Secretário de Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Barra do Piraí, Wagner Aiex se reuniu com a direção da empresa nesta tarde (13) para tentar encontrar uma solução

Fotos: Divulgação

O encontro, realizado na secretaria de Meio Ambiente, contou com a presença de várias autoridades e teve como objetivo debater ideias sobre a concessão de alvará de funcionamento para empresas instaladas às margens do Rio Paraíba do Sul. 

Foi realizada na última sexta-feira (08), uma reunião na secretaria municipal de Meio Ambiente de Volta Redonda com as presenças do secretário da pasta Maurício Ruiz; com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas da cidade, Gilson Castro; com o secretário do Fórum das Entidades Representativas de Volta Redonda, Evandro Queiroz; além da direção do Sindicato das Escolas Particulares de Volta Redonda.

O encontro, promovido pelo vereador Luciano Mineirinho (PR), que também se fez presente, teve como objetivo debater ideias sobre a concessão de alvará de funcionamento para empresas instaladas às margens do Rio Paraíba do Sul. De acordo com todos os participantes, essa foi a melhor reunião já realizada na secretaria nos últimos dois anos. “Houve um avanço e um entendimento claro entre as partes, além de um comprometimento para que os empresários de Volta Redonda não continuem sendo prejudicados. O empenho foi grande para que essa conversa fosse realizada e saio satisfeito com o resultado. É o meu papel como vereador”, declarou Mineirinho.

Durante o debate, o secretário Maurício relatou o histórico do processo do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), com as adequações necessárias, e deixou claro que, caso o INEA não cumpra sua parte, a procuradoria Federal vai processar a instituição por descumprimento de acordo e o assunto será tratado com a prioridade de não prejudicar as atividades empresariais no município.

O secretário ressaltou também que está responsável por esse processo, que se arrasta na justiça por aproximadamente sete anos, e que tratará o assunto com pontualidade. “O objetivo é conceder licenças de forma permanente. Em dezembro, assinei uma portaria concedendo alvarás provisórios no prazo de seis meses, até que tudo seja resolvido da forma legal”, esclareceu Maurício.

O próximo passo agora é cumprir com todas as exigências do TAC e contar com o INEA também fazendo a sua parte. Caso a instituição estadual não se manifeste até o fim de fevereiro, a secretaria de Meio Ambiente tomará as devidas providências legais para que o município não saia prejudicado. “A nossa união, o trabalho em conjunto e o esforço de todos aqui presentes será importantíssimo para que este processo seja resolvido da melhor forma”, finalizou Luciano Mineirinho, idealizador do encontro.

Foto: Participaram da reunião representantes do SINEPE, CDL e Fórum das Entidades Representativas; além do secretário de Meio Ambiente de Volta Redonda, Maurício Ruiz e do vereador Luciano Mineirinho, organizador do encontro (Crédito: Divulgação)

Na última quarta-feira (06), o vereador Pastor Monteiro de Jesus (PRB) assumiu a Secretaria Municipal de Agricultura de Barra do Piraí, no lugar de José Mauro Leite Lima, que estava na pasta desde o início da atual gestão. Com isso, Thiago Soares, também do PRB, assume sua vaga na Câmara de Vereadores, repetindo o que fez ano passado quando Monteiro se licenciou para coordenar a campanha do então senador da República, Eduardo Lopes, também do Partido Republicano Brasileiro, hoje secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do Estado, posto esse uma vez ocupado durante o governo Pezão pelo ex-prefeito de Barra do Piraí, José Luiz Anchite.

Em seu quinto mandato como vereador, será a primeira vez que o ex-prefeito interino ocupará uma vaga no secretariado municipal. Ele assume a pasta por indicação de Eduardo Lopes, presidente estadual do partido do vereador e do prefeito Mario Esteves.

Os deputados estaduais do Rio de Janeiro eleitos em outubro tomam posse hoje (1º), em cerimônia às 15h, na Assembleia Legislativa do Estado (Alerj). Dos 70, seis estão presos, portanto, impossibilitados de comparecer à cerimônia. Pelo Regimento Interno, eles têm 60 dias para tomar posse: “Salvo motivo de força maior ou enfermidade devidamente comprovada, a posse se dará no prazo de trinta dias, prorrogado por igual período a requerimento do interessado”. As informações são da Agência Brasil.

Cinco dos presos já eram deputados e foram reeleitos: André Corrêa (DEM), Chiquinho da Mangueira (PSC), Luiz Martins (PDT), Marcos Abrahão (Avante) e Marcus Vinicius Neskau (PTB). Eles foram presos em novembro na Operação Furna da Onça, acusados de integrarem esquema de corrupção.

Anderson Alexandre (SD) é acusado de integrar esquema de arrecadação de vantagens ilícitas na prefeitura de Silva Jardim, na região serrana do Rio. Ele foi eleito prefeito da cidade em 2016 e se licenciou do cargo para concorrer à Alerj em 2018.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!