Domingo, 15 Dezembro 2019
previous arrow
next arrow
Slider

Com o objetivo de alertar os homens a se prevenirem contra o câncer de próstata, evento será realizado no dia 24, com concentração às 8h na Praça Pedro Cunha (Largo da Feira) (Foto: Reprodução)

A prefeitura de Barra do Piraí, através da Secretaria de Saúde, organizará no próximo dia 24 a “Caminhada do Novembro Azul”, com concentração às 8 horas, na Praça Pedro Cunha (Largo da Feira), e percurso até a Praça Nilo Peçanha. Segundo a nota de divulgação, a passeata serve para quebrar preconceitos em relação aos exames preventivos contra o câncer de próstata, estimular a prática de exercícios físicos e trazer o assunto para as rodas de conversa.

Segundo o secretário de Saúde, Juberto Folena Júnior, a caminhada, que está em sua primeira edição, irá contar também com o Odontomóvel, consultório itinerante – atendendo em livre demanda –, caminhão de exames, tenda de auriculoterapia e outros atendimentos gratuitos.

Fazendo parte da campanha, durante esse mês de novembro, o posto Albert Sabin, oferecerá testes rápidos de sífilis, HIV e hepatites B e C, além de ações de divulgação, sobre a importância da prevenção, em pontos estratégicos do município.

Assim como na ‘Caminhada do Outubro Rosa’, o ‘Novembro Azul’ também terá distribuição de camisas à população. A entrega será feita para os primeiros que chegarem, a partir das 7 horas, no dia do evento.

Secretaria de Saúde divulga resultado de exame feito pelo Lacen, que descarta suspeita de meningite. Paciente morreu no fim do mês passado na Santa Casa (Foto: Reprodução)

Na última sexta-feira (08), a secretaria de Saúde de Barra do Piraí divulgou o resultado do exame feito pelo Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels (Lacen). O laudo indica que a morte da paciente, ocorrida na Santa Casa, no mês passado, não foi causada por meningite, que era a principal suspeita desde sua divulgação.

O óbito foi registrado no último dia 27 de outubro. Pelos sintomas fatais, houve a suspeita de se tratar de meningite - mesmo sem nenhum exame, a doença foi apontada como causa mortis, no atestado de óbito da vítima. No entanto, a análise do material submetido ao Lacen deu negativo para meningite, de maneira que ainda não se sabe, ao certo, o que causou a morte de Ana Paula, de 39 anos, cujo nome completo não foi divulgado.

A secretaria de Saúde ainda aguarda mais exames para confirmar a verdadeira causa do óbito, para assim, tomar as primeiras providências necessárias para evitar mais casos. Nossa reportagem não teve acesso ao documento enviado pela Lacen à secretaria de Saúde com o resultado.

Diretor da Santa Casa deu detalhes sobre o transtorno, admitiu falta de manutenção e uso de um gerador para suprir o problema. Nada de grave foi registrado durante a pane (Foto: Reprodução)

Foi registrada nesta terça-feira (05) falta de luz elétrica em uma parte da Santa Casa de Misericórdia de Barra do Piraí. Através das redes sociais, a informação viralizou e causou preocupação entre os barrenses, informação essa confirmada pela própria direção do hospital.

Em entrevista ao site Papagoiaba, o diretor da Santa Casa de Barra do Piraí, Ivan Borges, atribuiu a uma pane no transformador a interrupção de energia em uma fase do sistema, que atingiu o segundo andar do prédio do hospital, onde ficam localizadas as enfermarias e clínicas cirúrgica e médica, para onde são encaminhados pacientes atendidos no hospital de campanha montado no pátio do estacionamento.

De acordo com Ivan, a pane começou às 17h desta terça e, assim que diagnosticada pela equipe de manutenção da concessionária de energia como um problema interno, uma equipe de técnicos contratada pela Santa Casa passou a atuar na manutenção.

Para finalizar, o diretor admitiu que o prédio estava sem manutenção por um longo tempo e que um gerador foi alugado para fornecer provisoriamente energia ao hospital, por volta de 1h30 da madrugada dessa quarta-feira (06). Apesar dos transtornos, nenhum caso grave foi registrado durante a pane.

Causa ainda não foi confirmada e Saúde aguarda exames laboratoriais. Secretário pede calma para população não "espalhar o medo" (Foto: Reprodução)

A secretaria de Saúde de Barra do Piraí investiga a morte de uma paciente que aconteceu no último fim de semana, no polo de emergência da Santa Casa de Misericórdia. Através das redes sociais, a vítima foi identificada como Ana Paula e teria falecido por contrair meningite.

Entramos em contato com o secretário de Saúde, Dr. Juberto Júnior, que pediu calma antes de qualquer coisa. "Ainda não está confirmada a causa da morte, e mesmo com a confirmação, a primeira atitude é não criar uma onda de medo na população".

Em relação a confirmação, o secretário deu detalhes sobre o procedimento feito. "Há uma suspeita de meningite, mas ainda não confirmada. Enviamos uma mostra de sangue para o LACEN e estamos no aguardo da análise laboratorial." Disse.

Por fim, Juberto se colocou à disposição para mais esclarecimentos e salientou que as medidas corretas serão tomadas após a confirmação. "Nesse momento, é preciso ter a certeza primeiro, para criarmos uma estratégia de combate. A secretaria de Saúde está aberta para todos e nos pronunciaremos assim que tivermos o resultado." Finalizou.

ATUALIZAÇÃO 9h30: O secretário de Saúde de Barra do Piraí, Juberto Júnior, enviou uma nota de esclarecimento assinada pela diretora de vigilância em saúde, Irineia Sant’anna, com detalhes sobre o procedimento tomado e esclarecimentos sobre a meningite. Leia abaixo na íntegra.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria Municipal de Saúde de Barra do Pirai através da Diretoria de Vigilância em Saúde, vem esclarecer a população e passar informações VERDADEIRAS a respeito do óbito ocorrido na Santa Casa no ultimo dia 27/10/2019.

Segundo informações coletadas com a irmã da paciente senhora Adriana e na UBS Santo Antonio, a paciente apresentava distúrbios mentais, e não esteve em outro município nos últimos dias. A alguns dias reclamou de estar se sentindo mal, deu entrada na Santa Casa na quarta feira dia 23/10/19 com dores no corpo, febre e enjôo, na Emergência o médico suspeitou de Dengue ela foi medicada e liberada pra casa, a paciente tinha hábitos simples de uso de chás medicinais, inclusive era comum ela adentrar a mata próxima a sua residência para coletar ervas medicinais e capim para alimentar alguns coelhos que ela criava, e tem relatos de contatos direto com carrapatos.

De acordo com informações da Irmã a paciente piorou no sábado e no domingo com muita dores nas pernas e nas costas e foi levada de volta para a Emergência da Santa Casa no dia 27/109 passando muito mal, conforme exames realizados no atendimento emergencial estava em situação muito grave e a médica de plantão suspeitou de meningite meningocócica.

A meningite é uma inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. A meningite pode ser causada por vírus ou por bactéria, que é mais grave. 

O risco de contrair meningite é maior entre crianças menores de cinco anos, principalmente até um ano, no entanto pode acontecer em qualquer idade.

A principal forma de prevenir a meningite é por meio da vacinação, as crianças são vacinadas dentro do calendário de vacina.

Modo de Transmissão: a transmissão é através do contado direto de pessoa a pessoa, por meio das vias respiratórias, por gotículas e secreções das vias aéreas superiores (do nariz e da garganta). Já na meningite viral a transmissão é fecal-oral (não lavagem de mãos após defecação).

 Nos atendimentos Médicos na Emergência a suspeita de doenças de notificação compulsória como é o caso de dengue, zika, chikungunya, meningite etc. é o que norteia o trabalho da Vigilância Epidemiológica que tem que ser acionado de imediato e todo um protocolo do Ministério da Saúde precisa ser seguido desde a coleta de material biológico (Liquor, sangue, fezes,etc.) , passando pela medicação e investigação epidemiológica para saber os últimos passos do paciente.

O material biológico está sendo analisado no Laboratório Central Noel Nutels-LACEN e na Fiocruz, solicitamos diagnóstico diferencial para febre maculosa em decorrência do carrapato, leptospitose, dengue, zika, chikungunya e Hepatites.

Estamos aguardando resultado para fechar diagnóstico.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!