Sexta, 10 Julho 2020
previous arrow
next arrow
Slider

A Índia ultrapassou a Rússia ao atingir o número de 700 mil casos do novo coronavírus, o terceiro maior do mundo, de acordo com os dados mais recentes, e o surto não dá sinais de diminuição. Dados do Ministério da Saúde divulgados nessa segunda-feira (6) mostraram que mais de 23 mil casos novos foram relatados em 24 horas, cifra um pouco inferior à do aumento recorde de 25 mil no domingo (5). A informação é da Agência Brasil.

Desde que o primeiro caso surgiu, em janeiro, a Índia já teve quase 20 mil mortes. Atualmente, a Índia é o terceiro país mais afetado do mundo, atrás dos Estados Unidos e do Brasil. A nação acumula oito vezes mais casos do que a China, que tem população de tamanho semelhante e foi onde o vírus surgiu no fim do ano passado.

Autoridades informaram que reverteram a decisão de reabrir o Taj Mahal, a atração turística mais famosa da Índia, localizada na cidade de Agra, 200 quilômetros a sudeste de Nova Delhi, devido a uma série de casos novos na região.

A Índia desistiu de uma reabertura planejada do Taj Mahal, citando o risco de novas infecções pelo novo coronavírus se espalharem pela cidade de Agra, no norte do país, devido à presença de pessoas que visitam o monumento ao amor, do século 17. A informação é da Agência Brasil.

Autoridades locais divulgaram novo comunicado nesse domingo (5), determinando a ampliação das medidas de bloqueio nos monumentos e em torno de Agra. A ordem do governo não especificou a duração do bloqueio para os monumentos, fechados desde março.

"Pelo interesse do público, foi decidido que a abertura de monumentos em Agra não será aconselhável por hora", disseram as autoridades do distrito na nota.

Agra, um dos primeiros grandes focos do vírus na Índia, continua sendo a cidade mais afetada em Uttar Pradesh, o estado mais populoso do país.

Não ficou claro se o governo federal desistirá de seu plano de reabrir outros monumentos em todo o país, como o histórico Forte Vermelho de Nova Delhi.

As infecções por coronavírus na Índia estão aumentando no ritmo mais rápido em três meses. Nesse domingo, o Ministério da Saúde registrou um recorde de 24.850 novos casos e mais de 600 mortes em um dia. Isso elevou a contagem geral da Índia para 673.165 casos, aproximando-se da Rússia, o terceiro país mais afetado globalmente.

A região espanhola da Galiza, no noroeste do país, impôs restrições a cerca de 70 mil pessoas nesse domingo (5) após um surto de covid-19, um dia depois que a Catalunha também estabeleceu bloqueio local para conter a propagação do coronavírus. A informação é da Agência Brasil.

Os moradores de La Mariña, na costa norte da Espanha, na província de Lugo, não poderão deixar a área até sexta-feira (10), dois dias antes das eleições regionais na Galiza, em 12 de julho.

O primeiro-ministro Pedro Sánchez, falando em um comício político local em Bilbao, pediu às pessoas que não baixem a guarda, mas também calma, porque "a detecção precoce desses surtos mostra que o sistema de saúde está muito mais bem preparado" do que em março.

O governo regional disse que as pessoas poderão se deslocar por La Mariña, mas apenas aqueles que precisam viajar para trabalhar.

O ministro regional da Saúde, Jesús Vázquez Almuíña, disse, em entrevista, que os maiores surtos estão ligados a bares da região. As autoridades regionais de saúde afirmaram que agora há 258 casos na Galiza, dos quais 117 em Lugo.

O ministro da Saúde da Espanha, Salvador Illa, disse que o ministério acompanha de perto a situação na Galiza e na Catalunha.

Foram 66 resultados positivos entre 600 amostras realizadas no último final de semana. Em seu perfil oficial no facebook, governo municipal informou que infectados estão em quarentena, porém usuários da rede social fizeram alerta quanto a esse isolamento (Foto: Divulgação PMBP)

Nesta sexta-feira (03), a prefeitura de Barra do Piraí, através de suas redes sociais, divulgou os resultados dos testes de Covid-19 realizados no último final de semana, na Praça Nilo Peçanha, no Centro.

Segundo o comunicado, foram 600 testes realizados, com 66 resultados positivos (pessoas infectadas pelo novo coronavírus), sendo 20 no sábado (27) e 46 no domingo (28).

De acordo com a prefeitura, todos os resultados positivos serão acrescentados à estatística oficial, no boletim epidemiológico oficial desta sexta-feira. Além disso, foi esclarecido que os infectados e seus familiares estão em isolamento social, sob orientação da equipe técnica da secretaria de Saúde de Barra do Piraí.

A testagem foi realizada no sistema de drive thru, com uma pessoa sendo testada por veículo. Porém, populares registraram pedestres também sendo testados. Nos comentários das postagens no facebook da prefeitura, alguns usuários cobram firmeza nesse isolamento, não só dos contaminados, mas também de seus familiares. Uma barrense comentou na postagem que pessoas próximas de alguns infectados não estão em quarentena, entre outras reclamações da logística da testagem feitas por outros perfis.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!