Quinta, 02 Abril 2020
previous arrow
next arrow
Slider

As autoridades de saúde dos Estados Unidos anunciaram a morte de um segundo paciente devido ao novo coronavírus, um dia depois de ter sido registrada a primeira vítima mortal no país. A vítima é um homem de 70 anos, com problemas de saúde que o tornavam paciente de risco, disse o Departamento de Saúde Pública do Condado de King, em Seattle, no estado de Washington. As informações s]ão da Agência Brasil.

No sábado, as autoridades tinham anunciado a morte de um homem de 50 anos, cuja saúde já era frágil antes mesmo de contrair o vírus. As duas mortes ocorreram no estado de Washington, na costa oeste do país.

Covid-19

O anúncio da segunda morte nos Estados Unidos aconteceu horas depois de o governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, ter informado que foi detectado o primeiro caso de Covid-19 no estado. "Descobrimos o primeiro caso positivo de coronavírus no estado de Nova Iorque. A paciente, uma mulher de 30 anos, contraiu o vírus enquanto viajava pelo Irã, estando atualmente em isolamento em casa” explicou.

"[Ela] não está em estado considerado grave e encontra-se numa situação controlada desde que chegou a Nova Iorque", acrescentou Cuomo. "Não há motivo para ansiedade indevida: o risco geral permanece baixo em Nova Iorque", garantiu. No mesmo dia, o Departamento de Saúde do estado vizinho de Rhode Island relatou o primeiro caso de coronavírus na região, confirmado pelas autoridades.

Segundo elas, o infectado de Rhode Island, de cerca de 40 anos, viajou para a Itália em meados de fevereiro e está internado em um hospital norte-americano. Os números mais recentes indicam 23 infectados pelo novo coronavírus nos Estados Unidos.

A epidemia de Covid-19, que teve origem na China, em dezembro de 2019, já infectou mais de 86 mil pessoas em 53 países de cinco continentes, das quais morreram cerca de três mil. A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para "muito elevado".

Secretaria Estadual de Saúde assinou um Termo de Cooperação Técnica no valor de R$15 milhões para obra em Vargem Alegre (Foto: Felipe Castro) 

Na última semana, o Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, assinou um Termo de Cooperação Técnica com a prefeitura de Barra do Piraí, na ordem de R$ 15 milhões para a ampliação do serviço da Cruz Vermelha, com a reforma da estrutura onde funcionou o Hospital Colônia, no distrito de Vargem Alegre.

De acordo com o termo, hoje o hospital tem capacidade para assistir cerca de 150 pacientes de longa permanência. Com o investimento, a expectativa é de dobrar esse atendimento, empregando aproximadamente 200 funcionários diretos. Não foi divulgada uma previsão para o término da reforma.

Confirmação aconteceu justamente no “Dia D” da campanha de vacinação, nesse sábado (1º). Homem, de 48 anos, foi medicado, recebeu alta e passa bem (Foto: Reprodução)

Justamente neste sábado (1º), o “Dia D” da campanha de vacinação contra o Sarampo, foi confirmado o primeiro caso da doença em Barra do Piraí. Segundo a assessoria da prefeitura, os exames para confirmação da doença foram feitos em um homem, de 48 anos, em um hospital particular no último dia 27.

A prefeitura disse ainda que o infectado, que não teve sua identidade divulgada, já foi medicado, recebeu alta e passa bem. As pessoas próximas, como local de trabalho e familiares, tomaram a vacina contra o sarampo para bloquear a contaminação. 

Saiba mais sobre o sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa e contagiosa, podendo ocasionar complicações e até óbito. A transmissão da doença ocorre de pessoa para pessoa, através de tosse, fala ou espirro. A única maneira de evitar o sarampo é com a vacina. Os principais sintomas são febre, acompanhada de tosse, irritação nos olhos, mal estar intenso; e, em torno de três a cinco dias, podem aparecer manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas.

Todos os postos de saúde, além de uma tenda na Praça Nilo Peçanha, estarão aptos a oferecer a dose da vacina (Foto: Reprodução)

Começa no fim deste mês em Barra do Piraí a campanha de intensificação de vacinação contra o Sarampo, com o objetivo de atualizar a caderneta das crianças e adolescentes do município.

De acordo com nota oficial da prefeitura, todos os postos de saúde estarão abertos à população, de segunda a sexta, atendendo ao público alvo, que são crianças a partir dos 6 meses a adultos até os 49 anos. Além dos postos, uma tenda será instalada na Praça Nilo Peçanha, no Centro, exclusivo para pessoas entre 12 e 49 anos.

Para se vacinar, basta ir até a unidade de saúde mais próxima com a caderneta de vacinação e cartão do SUS. A dose não é recomendada para pessoas com suspeita de sarampo, com imunidade baixa, gestantes e crianças menores de seis meses.

Atualização 31/01 – 10h30 

Neste sábado (1º) será o “Dia D” da campanha de intensificação de vacinação contra o Sarampo, em Barra do Piraí. De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde, serão realizadas ações conjuntas na Praça Nilo Peçanha e nos postos de saúde nos bairros. A vacinação na Praça será direcionada ao público de 12 até 49 anos, nos postos o atendimento será para crianças a partir dos 6 meses e adultos até 59 anos, durante todo o dia.

Saiba mais sobre o sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa e contagiosa, podendo ocasionar complicações e até óbito. A transmissão da doença ocorre de pessoa para pessoa, através de tosse, fala ou espirro. A única maneira de evitar o sarampo é com a vacina. Os principais sintomas são febre, acompanhada de tosse, irritação nos olhos, mal estar intenso; e, em torno de três a cinco dias, podem aparecer manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!