Domingo, 15 Dezembro 2019
previous arrow
next arrow
Slider

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe começou nesta quarta-feira (10), em todo o país. Em 2019, comemora-se os 20 anos do início das campanhas de vacinação contra o vírus da gripe (Influenza). A prefeitura de Barra do Piraí lançou em seu site informações sobre os locais e horários de vacinação.

O público-alvo da campanha é formado por idosos, a partir de 60 anos; crianças com idade entre 6 meses e 5 anos; e grávidas e mães no período pós-parto (puérperas), além de pessoas com doenças crônicas. Também poderão receber a dose, trabalhadores da área da saúde e professores.

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) oferecerão as vacinas de segunda à sexta, de 8 às 16h, em todo o município - com exceção dos postos dos bairros São João e Vargem Grande, que funcionarão entre quarta e sexta, de 8 às 12h, e do distrito de Ipiabas, terça e quinta, de 8 às 12h.

Os moradores do distrito da Califórnia, em Barra do Piraí, sofrem com o surto das doenças causadas pelo mosquito aedes aegypti. Na Rua Nicolau Tolentino o índice é maior. A maioria está com os sintomas de mãos inchadas e manchas vermelhas causados pela dengue, chikungunya e zika.

A preocupação de quem sofre com a doença, é o crescimento do entulho, que é jogado pela população quando ninguém está vendo. O portal G1 publicou que, em um trecho de menos de 1 km, foram encontrados sete montes de entulho. Entre eles: copos, tampas de plásticos, resto de obras e móveis velhos.

Em reação a reportagem, a Secretaria Municipal de Saúde informou que promove ações constantes de combate ao aedes aegypti em todo o distrito da Califórnia, inclusive retirando dezenas de caminhões de lixo e entulho das ruas. A secretaria reforçou ainda a importância das pessoas não despejarem esse tipo de material em vias públicas.

Informações RJTV

cali2

Prefeitura envia equipe para fazer limpeza do distrito (Foto: Macrei Júnior/Diretor da subprefeitura da Califórnia)

O dia 02 de abril foi instituído pela Organização das Nações Unidas em 2008 como sendo o Dia Internacional de Conscientização do Autismo, causa simbolizada por um laço formado por peças de quebra-cabeça, que representam o fato de que a síndrome não se apresenta da mesma forma em todos aqueles que a tem (sendo nomeada, assim, devido a esta pluralidade de sinais também pela sigla TEA: Transtorno do Espectro Autista). Outra representação da causa é a cor azul.

Nesta data, é lembrada a caminhada que ainda existe para que sejam reconhecidos e inseridos os autistas na sociedade, buscando desmistificar a sentença de que o típico vive em um mundo à parte em relação aos neurotípicos (nomenclatura dada a quem não está inserido no espectro autista).

Conforme dados do Center of Diseases Control and Prevention (Centro de Controle e Prevenção de Doenças, ou, na sigla em inglês, CDC), atualmente há a estimativa de que, no mundo, para cada 110 pessoas, uma é autista; no Brasil, projeta-se que haja cerca de 2 milhões de autistas.

Autismo e Educação

A inserção do autista no sistema educacional é assegurada conforme o capítulo V da  Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), que trata sobre a Educação Especial. O texto relata que a modalidade deve visar a efetiva integração do estudante à vida em sociedade, o que é assegurado também pela Constituição Federal, a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, Estatuto da Criança e do Adolescente e o Plano Viver sem Limites (Decreto 7.612/11).

Estima-se, se acordo com a chefe da Divisão de Educação Especial da secretaria municipal de Educação, de Barra do Piraí, Carla Miccichelli, que o município tenha 66 alunos que dentro do Transtorno do Espectro Autista, nos mais diversos graus de escolaridade.

Ela grifa que o município dispõe de recursos e parcerias visando a inclusão do típico no ambiente escolar. “A  rede oferta o atendimento educacional especializado, com salas de recursos, bem como profissionais de apoio à inclusão nas unidades. Já quanto aos professores, há parceiras com Casa de Brincar, com formação continuada para os educadores; elo que se firmou há três anos”, descreve. Carla relata também que, constantemente, são feitas palestras sobre o tema.

“As parcerias são relevantes para toda a comunidade de Barra do Piraí, na conscientização em prol do Autismo. Não somente na Rede Municipal, mas as demais, vêm tendo um número expressivo de alunos com o transtorno, e a população se conscientizando com relação ao tema se faz extremamente importante”, completa.

A secretaria municipal de Saúde informou através das redes sociais que amanhã (16) será o “Dia D” de combate ao mosquito Aedes Aegypti em Barra do Piraí. A campanha “Vamos tirar o mosquito de dentro de nosso quintal” tem como objetivo a prevenção da Dengue, Chikungunya e Zika.

Será realizada na Praça Nilo Peçanha, Centro, e no distrito da Califórnia, uma grande ação de conscientização, educação e promoção da saúde. Até o momento, segundo dados da própria secretaria de Saúde, Barra do Piraí teve 14 notificações de casos suspeitos de Dengue e cinco de Chikungunya em 2019.

A ação é organizada e promovida pela secretaria municipal de Saúde, através do setor de Vigilância em Saúde, de Barra do Piraí.

Foto: Reprodução

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!