Domingo, 16 Dezembro 2018
previous arrow
next arrow
Slider

As pré-matrículas na rede estadual de ensino para o ano letivo de 2019 cresceram no comparativo com o ano anterior, segundo dados da Secretaria de Educação. As inscrições da 1ª fase terminaram no último dia 4. No total, mais de 234 mil alunos realizaram, pela internet, pré-matrículas. Para esse ano letivo de 2018, foram 227 mil. A lista com os nomes e locais de alocação será divulgada no dia 21 de dezembro, no site Matrícula Fácil (www.matriculafacil.rj.gov.br).

A confirmação da matrícula será realizada entre os dias 3 e 8 de janeiro de 2019, na unidade em que o aluno foi selecionado, conforme a lista publicada no site Matrícula Fácil. A iniciativa é imprescindível para a garantia da vaga.

A 2ª fase da pré-matrícula será entre os dias 15 e 18 de janeiro, também pelo site www.matriculafacil.rj.gov.br. Essa etapa é para os alunos não alocados e os que não confirmaram matrícula, sendo os dias 15 e 16 exclusivos para os estudantes que se inscreveram na 1ª fase, mas não foram alocados. As solicitações de nova matrícula e transferências, em vagas remanescentes, serão realizadas a partir de 30 de janeiro.

 

Documentação necessária

I - Certidão de Nascimento ou Casamento, Identidade ou documento que a substitua e CPF, se possuir;
II - Histórico Escolar ou Declaração do último colégio em que estudou, constando a série para a qual o aluno está habilitado, ficando o original na escola;
III - Carteira de Identidade e CPF do responsável legal, no caso de menor de 18 anos;
IV - Laudo comprobatório de deficiências declaradas (se for o caso), na forma prevista do § 3º, art. 18;
V - Comprovante de residência com o mesmo endereço informado no ato da inscrição da matrícula.

Foi divulgado nessa semana o edital para o primeiro concurso público da Câmara Municipal de Piraí. São 20 vagas disponíveis para os níveis superior, técnico e médio completos para os cargos de contador, procurador jurídico, técnico em informática e oficial legislativo. O salário inicial varia entre R$ 1.256,22 e R$ 3.873,59, para cumprimento de carga horária de 40 horas por semana.

As inscrições começam a partir do dia 17 de dezembro até 20 de janeiro, pela internet. A taxa de inscrição para o nível técnico e médio é de R$ 55 e para nível superior é R$ 75.

A prova objetiva será no dia 17 de março. Serão 40 questões de múltipla escolha. O gabarito preliminar será divulgado no dia seguinte. O resultado final do certame será homologado e publicado no dia 8 de maio.

Durante a última reunião do ano do Conselho Estadual de Turismo, realizada nesta terça-feira (11), o secretário de estado do Turismo e Presidente do CET, Nilo Sergio Felix, foi homenageado pelo Diretor da Fecomércio, Nilton Pereira. Na ocasião, ele recebeu uma placa de agradecimento pelas 5 décadas de dedicação ao turismo brasileiro, durante as quais o setor obteve crescimento e conquistas comemoradas por todo o trade turístico.

Em seguida, os representantes das entidades públicas e privadas que compõem o Conselho, discutiram ações para o desenvolvimento da atividade turística nos próximos anos e assistiram palestras sobre projetos e equipamentos direcionados para o segmento. O Secretário Nilo Sergio fez uma prestação de contas do trabalho realizado durante a sua gestão à frente da Setur-RJ. Projetos, ações, parcerias, eventos, novo material promocional e premiações fizeram parte da palestra.

Foram quatro anos de trabalho árduo para promover o turismo fluminense. Apesar da dificuldade de recursos conseguimos, através de parcerias, realizar inúmeras ações e projetos. Entre eles destaco os Fóruns Regionais de Fortalecimento do Turismo, realizados em vinte e seis cidades; a edição do Manual de Apoio Técnico aos Secretários e Dirigentes Municipais de Turismo; e o Estágio de Familiarização, que atendeu 46 municípios. Essas três ações nos garantiram uma premiação pelo Ministério do Turismo, na categoria “Qualificação e Formalização no Turismo”, do Prêmio Nacional do Turismo 2018.

Em seguida, os conselheiros ouviram palestras de Beatriz Lima, assessora de imprensa da Concessionária Novo Rio sobre as obras realizadas na Rodoviária e de Antonio Pastori da ABOTTC - Associação Brasileira das Operadoras de Trens Turísticos e Culturais. Ao final da reunião foi feita uma homenagem à Delegada Valéria Aragão, titular da Deat – Delegacia Especial de Apoio ao Turismo, que passará, em 2019, a atuar na 12ª DP, localizada em Copacabana.

Alunos da rede estadual de ensino receberam medalhas conquistadas na última edição da Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP). No total, 14 estudantes ganharam 20 medalhas de ouro, prata e bronze. O Colégio Estadual Arnor Silvestre Vieira, do município de Valença, Região Centro-Sul, também recebeu, pela segunda vez consecutiva, uma placa pelo bom desempenho na competição. Das 20 medalhas, 13 foram obtidas por alunos desta escola.

Do total de medalhas, dez são de ouro, oito de prata e duas de bronze. Seis delas foram conquistadas na etapa nacional e 14 na estadual. "Incentivamos a participação das escolas e percebemos o aumento do engajamento dos professores e alunos. O trabalho integrado nas unidades de ensino é importante para estimular o interesse pelas Ciências Exatas e abrir caminho para revelar novos talentos nesta área", destacou o secretário de Educação, Wagner Victer.

Participando pela primeira vez da OBFEP, a aluna Maria Eduarda Dias Monteiro, de 15 anos, do Colégio Estadual Arnor Silvestre Vieira, exibiu com orgulho a medalha de ouro que ganhou na etapa estadual e a de prata da fase estadual. Segundo ela, o incentivo a participar da competição partiu dos professores.

Empenho

Da mesma turma de escola e iniciante na competição, José Vilmar Belo de Almeida Junior também destacou que o envolvimento e incentivo dos professores foram fundamentais para seu bom resultado. Ganhador de uma medalha de ouro e uma de bronze, o jovem também revelou que esse incentivo é essencial para se dedicar aos estudos e continuar a disputa das próximas edições da OBFEP.

O aluno Caio Diniz Galvão, de 17 anos, do Colégio Estadual Mauá, em Magé, na Baixada Fluminense, também se destacou na competição. O estudante recebeu duas medalhas de ouro nas etapas nacional e estadual. Ao lado da mãe e do professor que o incentivou, o aluno já foi premiado em outras olimpíadas do conhecimento.

Professores vencem premiação

Quatro professores da Secretaria de Educação das áreas de Ciências e Matemática venceram a 5º edição do Prêmio de Educação Científica. Os docentes ganharam uma viagem educativa à Inglaterra, que será realizada em 2019, onde participarão de atividades, palestras e visitas a museus e instituições educacionais. As escolas dos profissionais também serão premiadas.

No Ensino Médio, os três vencedores são da rede estadual. O 1º lugar ficou com Tobias de Assis Ricardo, professor de Física no Colégio Estadual Francisco Portella, em Natividade, na Região Noroeste, com o projeto Fonte de luz natural e artificial e sua relação com a vida humana. O projeto avaliou o uso de lâmpadas, telas LED, além de películas e de diferentes tipos de vidros para o aproveitamento mais adequado e eficiente da luz solar.

A 2ª colocação foi para a professora Luciana Mattos, do Centro Interescolar Estadual Miécimo da Silva, em Campo Grande, na Zona Oeste da capital. O projeto Floresta, Manguezal e restinga: Miécimo sem muros levou alunos da 3ª série do Ensino Médio no Manguezal de Barra de Guaratiba e no Parque Estadual da Pedra Branca, em Pedra de Guaratiba.

O 3º lugar no Ensino Médio foi para o professor Rogério Tostas, do Ciep 355 – Roquete Pinto, em Queimados, na Baixada Fluminense, com o projeto Física em ação: Associação de polias ou roldanas. Já na categoria Ensino Fundamental, o 1º lugar ficou com o projeto Brincando com balanças e equações, desenvolvido pelo professor Alexandre Paes Peixoto, do Ciep 351 – Ministro Salgado Filho, em Nova Iguaçu.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!