Quarta, 18 Setembro 2019
previous arrow
next arrow
Slider

Ao longo dos anos, a filarmônica fortalece os laços culturais e históricos da cidade e região (Fotos: Divulgação)

Fundada em Barra do Piraí, em 1922, no último dia 02, a Banda Filarmônica Moreira Lopes completou 97 anos de existência. Sob a coordenação do maestro Rafael Persan, a banda perpetua gerações mantendo uma escola de música, que garante aulas gratuitas, formação musical e a consciência cidadã por meio da arte.

– Como o tempo passou rápido! Parece que foi ontem que músicos idealistas juntaram suas utopias individuais para dar início à realização de um sonho coletivo que, num primeiro momento, se apresentava distante: formar mais uma Banda em Barra do Piraí. Aos poucos a ideia foi tomando corpo graças ao apoio dos abnegados trabalhadores que abraçaram esse sonho como seu e ajudaram a concretizá-lo – comenta Rafael.

Desde o dia 02 de julho de 1922, a Banda Moreira Lopes escreve uma história admirável de dedicação à música, com o objetivo de mostrar a capacidade que tem uma banda de se adaptar aos mais variados e diferentes estilos.

Além disso, tem apresentado concertos que vão desde os eruditos — passando pelos temáticos, até os contemporâneos; lançando repertórios em homenagem aos músicos e ao público que flerta com o universo popular.

Da sua história de vida constam vários concertos, sendo inúmeros deles fora do município, como os da cidade do Rio de Janeiro, Nova Friburgo, São Paulo e Rio Preto-MG; gravação de CD na Rádio MEC em parceria com ASBAM, “Encontro de Bandas” no Forte de Copacabana e a abertura do "Encontro de Bandas em Nova Friburgo”.

– Hoje à Filarmônica Moreira Lopes é uma realidade, mas nada disso teria sido possível sem o apoio e amor incondicional de seus músicos, que com o tempo se renovam e a acompanharam desde sua criação. Cabe aqui, a expressão da nossa gratidão aos que já se foram e deixaram seu legado; gratidão à todos que embarcaram no sonho tornando-o realidade.  Agora ela existe e pretende levar o nome de Barra do Piraí para além de suas fronteiras, mesmo sem auxilio público. – conclui Persan.

Serviço

Para se matricular e participar das aulas gratuitamente, os interessados devem se dirigir até a sede da SMML que fica na Avenida Tiradentes, nº 148, no Centro. A referência é a Rua do Cemitério, ao lado do Sindicato.

A idade mínima exigida é de 11 (onze) anos e o processo deve ser realizado às quartas-feiras. Os documentos necessários são RG, CPF, comprovante de residência e uma foto 3x4, todos originais e cópia.

A sociedade funciona as segundas, quartas, quintas e sextas-feiras, das 16h às 22h e as terças, das 19h às 22h. Maiores informações podem ser obtidas no telefone (24) 99943-7016, em horário comercial ou na própria sede.

mlopes03mlopes03mlopes03

No próximo sábado (06), a dupla sertaneja Bruno & Marrone se apresentará no “Arraiá do Aldeia”, no Aldeia das Águas Park Resort, em Barra do Piraí, a partir das 20h, com classificação livre.

Com mais de 35 anos de carreira, a dupla é referência do gênero não vai deixar ninguém "dormir na praça" com sucessos como "Choram as Rosas", "Que Pescar Que Nada" e "Boate Azul".

A segunda edição da festa tem ainda atrações regionais, como Noelly e Júnior, André Moraes e o DJ Junior Cunha. O evento vai ter comidas típicas de São João e decoração temática.

Todos pagam meia-entrada. Os ingressos custam R$ 40 (pista), R$ 60 (front stage) e R$ 90 (camarote).

aguas

Fotos: Divulgação

Nesta terça-feira, o Ministério da Educação abriu inscrições para o Fundo de Financimento Estudantil (Fies), que concede financiamento a cursos superiores não gratuitos, cobrindo de 50 a 99% do valor da mensalidade, conforme a renda familiar informada no cadastro. Para se inscrever, o candidato precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) sem ter zerado a redação. As inscrições vão até o dia 1º de julho, e quem for selecionado fará o contrato entre os dia 10 e 12 de julho. As inscrições são feitas pelo site: fies.mec.gov.br   

A direção do Colégio Senador Paulo Fernandes, localizado no bairro Areal, em Barra do Piraí, divulgou através de suas redes sociais uma nota oficial repudiando as reportagens feitas em relação ao Programa Conhecer, um diagnóstico de desempenho da rede estadual de ensino do estado do Rio de Janeiro, que apontou no geral notas baixas de média em português e matemática para as escolas estaduais.

Segundo o programa, a escola barrense foi apontada como a pior média em matemática no Estado, com 1,3. A repercussão negativa do resultado fez com o que representantes da diretoria do colégio fizessem contato com a nossa reportagem com o objetivo de repudiar, o que eles afirmam de “descontextualização” do resultado.

Segundo um dos representantes do colégio, Paulinho Cardoso, é importante destacar que esse resultado diz respeito apenas a uma avaliação, nas disciplinas de matemática e língua portuguesa e, os números revelam tão somente a necessidade de intensificar as estratégias para melhorar a aprendizagem dos seus alunos, algo que a direção afirma buscar com “afinco e determinação”.

A direção critica as condições com que o governo estadual disponibiliza recursos para a unidade escolar, principalmente, com a falta de professores em matérias básicas, como português e matemática. Apesar disso, Paulinho afirma que, dentro das possibilidades, todos os seus funcionários estão tentando transformar a realidade recente do ambiente escolar, lembrando que o Colégio Senador Paulo Fernandes fica localizado em um dos bairros considerados mais violentos de Barra do Piraí.

Por fim, Paulinho convida a todos os barrenses para visitarem o colégio para presenciarem as mudanças feitas na unidade. Veja abaixo na íntegra a nota oficial do Colégio Paulo Fernandes, publicada em seu facebook:

Na última segunda-feira, 17/06, fomos surpreendidos com uma matéria veiculada no RJTV e em outras mídias digitais e impressas, sobre o resultado do Programa Conhecer. Tal avaliação, realizada nos dia 15/04 e 16/04 nas escolas da Rede teve como objetivo "traçar um diagnóstico de como vai a rede estadual de ensino do RJ" e apresentou notas baixas em português e matemática. 

Há na reportagem, a divulgação do mau resultado, de modo geral, em TODA rede estadual do Rio de Janeiro. Algumas escolas apresentando melhores índices, outras com índices abaixo do esperado. Até aí nenhuma novidade, face ao estado de precariedade em vários aspectos na educação pública no RJ e no país.

Cabe destacar, porém, que esse resultado diz respeito a UMA (1) avaliação, nas disciplinas de matemática e língua portuguesa e, os números revelam tão SOMENTE a necessidade de intensificarmos as estratégias para melhorar a aprendizagem de noss@s alun@s, algo que temos buscado com afinco e determinação. Não por acaso temos avançado em MUITOS aspectos gerais que têm TRANSFORMADO a realidade recente de nossa ESCOLA. Quem quiser testemunhar, é só chegar para CONHECER!!!

O que a reportagem não mostrou porém, foi o real CONTEXTO e as CONDIÇÕES que produzem tais números e resultados.

1 - Isso a Globo não mostra:Ao longo dos últimos anos temos convivido nas escolas com situações absurdas de carências de professores em várias disciplinas.(principalmente MATEMÁTICA)

Obs: a avaliação apontada na reportagem (Conhecer) foi no dia 15/04, uma das turmas que fez a avaliação estava sem professor de matemática até o dia 15/03 (apenas um mês antes da prova);

2 - Nossa escola tem ao longo do último ano buscado a construção de uma Gestão Democrática, aberta ao diálogo e à participação dos alunos, professores, responsáveis e comunidade local. Consideramos que somente na união da escola, família e comunidade alcançaremos, de fato, os resultados que tanto almejamos;

3 - Por trás da apresentação e divulgação deliberada de resultados, números e rankings educacionais, há uma série de fatores outros que devem ser considerados para evitar o apagamento e a invizibilização de histórias de luta, de trabalho, de vidas, de relações e de aspectos POSITIVOS que apontam as reais dimensões de toda uma Comunidade Escolar e de seus atores e atrizes.

Enfim, seguimos e seguiremos altiv@s e convict@s de que somos muito mais do que apenas "mostram" a reportagem e os números, que divorciados do contexto e de nossas REALIDADES, nas suas múltiplas dimensões, NÃO representam a dimensão de nossas lutas e de nossas conquistas!

#CESPF #ORGULHO #RESISTÊNCIA #EDUCAÇÃO

C.E. Senador Paulo Fernandes

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!