Quarta, 28 Outubro 2020
previous arrow
next arrow
Slider

O processo que o pai de santo Babalorixa Alexandre Montecerrath move contra a produtora do programa Porta dos Fundos e o Netflix teve a primeira decisão nesta semana. A juíza Rosana Simen Rangel, da 26ª Vara Cível do Rio de Janeiro, determinou a isenção de custas processuais para o centro de umbanda Ilê Asé Ofá de Prata em favor do seu representante no processo.

Segundo o advogado Anselmo Ferreira Melo Costa, que representa juridicamente o pai de santo do centro de umbanda no processo, a isenção das custas processuais garante o livre acesso à justiça num estado democrático de direito eis que foi comprovado sua hipossuficiencia no processo.

A ação foi impetrada após a exibição do especial de Natal que o Porta dos Fundos fez para a Netflix. De acordo com o pai de santo, o programa trouxe aos espectadores religiosos “um enredo totalmente desrespeitoso, haja vista que, adultera totalmente a história de Jesus perante a todas religiões que o cultuam, eis que traz uma roupagem sexual, palavras de baixo calão, apologia às drogas e, dentre outras coisas que ironizam e debocham com a fé alheia”. O referido filme traz uma imagem de Jesus Cristo homossexual, que faz uso de chás alucinógenos e que, ainda, tem dúvida quanto ao seu dever como filho de Deus.

O pai de santo Babalorixa Alexandre Montecerrath, que representa o centro de umbanda Ilê Asé Ofá de Prata, pede indenização de R$ 1 bilhão não para ele, mas sim para todas instituições religiosas comprovadamentes carentes contra a produtora do programa e contra a plataforma de streaming alegando que a atração é uma “afronta aos valores religiosos” e, por se sentir ofendido, quer ver prevalecer o valor por danos morais e também exige que o título seja retirado do ar.

Os candidatos já matriculados ou não em instituição de ensino superior, onde pretendem receber uma das bolsas remanescentes do programa Universidade para Todos (ProUni), têm até quarta-feira (30) para fazer inscrição na página do programa. São 90 mil bolsas não preenchidas no processo seletivo regular para o segundo semestre de 2020.O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior. A informação é da Agência Brasil.

Pré-requisitos

Pode participar quem cursou o ensino médio na rede pública ou na rede particular, na condição de bolsista integral. Também entram na lista dos contemplados estudantes com deficiência, professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, além de integrantes do quadro de pessoal permanente de instituição.

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda declarada deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Quem quiser participar do processo precisa ter feito alguma edição do Enem, a partir de 2010, e ter obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas do exame. Além disso, o candidato deverá ter tirado nota maior que zero na redação.

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro de 2021, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada na noite de ontem (24), durante reunião entre representantes das agremiações. A informação é da Agência Brasil.

De acordo com o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, como ainda não se sabe se haverá uma vacina até o carnaval, não haverá tempo hábil para as agremiações se prepararem.

No entanto, ele destacou que, por enquanto, os desfiles não foram suspensos, apenas adiados. A Liesa continuará acompanhando a situação da pandemia e fará novas reuniões para decidir se será possível realizar os desfiles em uma nova data em 2021 ou se o evento terá mesmo que ser cancelado.

A Times Square, em Nova York, vai se despedir de 2020 sem as tradicionais aglomerações de pessoas que marcam a véspera do Ano Novo, com os organizadores da celebração anunciando nesta quarta-feira (23) planos para a realização de um evento menor e virtual em resposta à pandemia de covid-19. A informação é da Agência Brasil.

Em um teaser (trailer promocional) preliminar sobre o que deve acontecer em 31 de dezembro, a Times Square Alliance disse que assistir à famosa queda da bola em 2021 será um evento digital para todos, com exceção de um grupo muito limitado de homenageados, que estarão presentes fisicamente com distanciamento social.

"Pessoas de todo o mundo estão prontas para se juntar aos nova-iorquinos nas boas-vindas ao ano novo, com a icônica queda da bola", disse o prefeito Bill de Blasio em um comunicado. "Um novo ano representa um novo começo, e nós estamos animados para celebrar."

A comemoração da véspera de Ano Novo na Times Square está entre as maiores do mundo, geralmente atraindo cerca de 1 milhão de pessoas, enquanto mais de 1 bilhão de pessoas assistem pela televisão à queda da bola do topo do One Times Square no momento da chegada do ano novo.

Muitos dos detalhes e o entretenimento ao vivo, que compõem boa parte das horas de celebração que antecedem a contagem regressiva, ainda estão sendo determinados, afirmou a Times Square Alliance, coprodutora do evento.

Mas o presidente da aliança, Tim Tompkins, prometeu aos espectadores "ofertas virtuais, visuais e digitais significativamente novas e aprimoradas", em uma celebração dos "espíritos corajosos e criativos" que ajudaram as pessoas a superar um ano que muitos prefeririam esquecer.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!