Quarta, 05 Agosto 2020
previous arrow
next arrow
Slider

A Catedral de Valença informa por meio de comunicado que, em virtude da pandemia do novo coronavírus, neste ano a programação social da festa da Glória foi cancelada, sendo mantida apenas a programação litúrgica, enfatizando-se que as celebrações vão ocorrer com a igreja fechada e com transmissão em tempo real via redes sociais, para que os fiéis possam acompanhar de suas residências.

A programação ocorre entre os dias 05 e 15 de agosto (data em que se celebra o dia de Nossa Senhora da Glória, padroeira do município) e, conforme a nota, existe a projeção de que a festa externa ocorra em um outro momento ainda este ano ou tão logo seja possível junto às autoridades competentes.

"O objetivo principal é levar aos fiéis, pelos meios de comunicação, a espiritualidade, a fé, para que, de suas casas, possam vivenciar este momento de graça e comunhão. Unidos em oração, vamos louvar e bendizer a nossa Excelsa Padroeira, exaltando sua Gloriosa Assunção aos céus", complementa o texto. Neste ano, a Catedral de Valença completa 200 anos do início de sua construção

Morreu na madrugada desta segunda-feira, aos 91 anos, o compositor italiano Ennio Morricone, responsável por mais de 500 trilhas sonoras de filmes e séries de televisão. Ele estava hospitalizado em Roma, após um acidente doméstico, e, de acordo com comunicado de um amigo da família, Giorgio Assuma, "morreu no conforto da fé".

Nascido em Roma no dia 10 de novembro de 1928, começou a compor para trilhas sonoras em 1946, mas celebrizou-se entre as décadas de 1950 e 1960, deixando seu estilo em produções como "Três Homens em Conflito", de 1966, "Era uma Vez no Oeste", de 1968, e "Os Oito Odiados", de 2015, trabalho este que lhe rendeu seu primeiro Oscar, após seis indicações. Seu nome também está eternizado na Calçada da Fama de Hollywood.

Ennio deixa a esposa Maria Travia e quatro filhos. Em seu obituário, escrito de próprio punho, ele explicitou o desejo por um funeral privado. "Ennio Morricone está morto. Anuncio assim a todos os amigos que estiveram próximos e àqueles um pouco distantes, a quem saúdo com grande afeto. (...) Há apenas uma razão que me faz cumprimentar todos dessa maneira e ter um funeral de forma privada: não quero dar trabalho", detalha o músico.

Ele ainda dedicou suas últimas palavras à companheira da vida, Maria Travia. "Espero que saibam o quanto os amei. Por último, Maria (mas não a última). A ela, renovo o amor extraordinário que nos manteve juntos e o qual lamento abandonar. A ela, o mais doloroso adeus", despede-se.

 

 

 

A partir de 6 de julho, viajantes de 29 países que quiserem ir à Suíça terão que se registrar com as autoridades e se autoisolar para evitar um ressurgimento do coronavírus, anunciou o governo suíço nessa quinta-feira (2). A informação é da Agência Brasil.

A lista inclui, entre outros, os Estados Unidos, a Suécia, o Brasil e a Rússia, que foram classificados como países com alto risco de infecção.

Os visitantes com passagem nessas nações nos 14 dias anteriores terão que notificar as autoridades suíças de imediato, ao chegar, e ficar dez dias em quarentena, segundo o governo.

A lista inclui ainda Argentina, Chile, Colômbia, Arábia Saudita, África do Sul e Sérvia e será revisada continuamente.

O número de infecções começou a aumentar na Suíça nos últimos dias, provocando o receio de uma segunda onda de covid-19, mas suas fronteiras com Itália, Áustria, Alemanha e França estão abertas no momento.

O país, que suspendeu muitas de suas restrições, entre elas a reabertura de escolas e lojas, teve 31.967 testes positivos de covid-19 e 1.686 mortes até agora.

A Suíça faz parte do Espaço Schengen de 26 nações, que normalmente não têm verificações nas fronteiras. As viagens irrestritas entre a Suíça e todos os outros membros do Schengen estão permitidas, exceto a Suécia, que consta da lista governamental.

No primeiro dia de funcionamento dos bares e restaurantes no Rio de Janeiro, depois de meses fechados por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), foram registradas aglomerações em alguns locais. Vídeos divulgados por usuários do Twitter mostram muita gente em frente a bares da zona sul da cidade na noite de ontem (2). A informação é da Agência Brasil.

Segundo a Guarda Municipal, constatou-se que muitos moradores deixaram suas casas indo para os bares na rua Dias Ferreira, no Leblon, na zona sul.

Os agentes determinaram o fechamento de diversos estabelecimentos por conta de aglomerações na rua, apesar de os bares e restaurantes terem respeitado protocolos de segurança sanitária em seu interior, como o distanciamento e o uso de máscaras.

A prefeitura do Rio informou que vai ampliar as fiscalizações com o aumento de oito para dez no número de equipes formadas por profissionais da Secretaria de Ordem Pública, Guarda Municipal e policiais militares contratados na folga.

Os estabelecimentos flagrados desrespeitando as normas sanitárias serão notificados, multados e até interditados.

Bares, restaurantes, academias e atividades físicas nas areias das praias foram liberadas ontem (2) pela prefeitura, como parte de seu calendário de reabertura econômica.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!