Quarta, 18 Setembro 2019
previous arrow
next arrow
Slider

Roda de conversa com o tema “Violência contra a Mulher” será realizada em Barra do Piraí

Encontro gratuito acontecerá no próximo sábado (31), às 9h, na Esquina do Pecado, no Centro (Foto: Vicente Siqueira)

No próximo sábado (31), será realizada em Barra do Piraí uma roda de conversa com o tema “Violência contra a Mulher”. O encontro acontecerá às 9h, na Rua Capitão Mario Novaes (Esquina do Pecado), e contará com a presença da deputada estadual Dani Monteiro (PSOL), que visitará outras cidades da região Sul Fluminense, com o objetivo de trazer debates relevantes, principalmente ao público jovem.

De acordo com sua assessoria, Dani passará por Valença, Piraí e Barra do Piraí com sua proposta de dialogar questões importantes para a população e mapear as demandas da região.

A mais jovem mulher a obter uma vaga na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Dani Monteiro é presidente da Comissão Especial da Juventude, uma iniciativa inédita na Casa. As viagens ao interior do estado são uma ampliação do espaço aberto aos jovens.

Dossiê Mulher divulga dados de violência contra mulher no sul do estado

Mais de 11 mil casos de violência contra a mulher foram registrados no ano de 2018 no Sul do Estado. As informações são do Dossiê Mulher, divulgado pelo Instituto de Segurança Pública. No último dia 07, a Lei Maria da Penha, criada para proteger mulheres em casos de agressão, completou 13 anos e as estatísticas ainda preocupam.

O caso mais recente na região foi o da moradora de Barra Mansa, morta pelo companheiro no fim de julho. Vanessa Sabino, de 30 anos, foi espancada pelo ex-marido com uma panela de pressão e garrafas quebradas.

O casal estava em processo de separação, mas vivia na mesma casa. Depois de 11 dias internada, ela não resistiu aos ferimentos e morreu, na Santa Casa. O agressor, Moisés Augusto Dias de Oliveira, de 32 anos fio preso e vai responder por feminicídio.

A história da Vanessa foi mais um caso que entrou para estatística. No ano passado foram seis em toda a região. Em Barra do Piraí foram duas mortes, em Resende e Barra Mansa uma, e em Porto Real foram duas mortes por violência contra a mulher.

De janeiro a junho do mesmo período foram registrados 18 casos de tentativa de feminicídio na região. No primeiro semestre deste ano, foram 23 tentativas.

De acordo com o Dossiê Mulher, as mais de 11 mil ocorrências de violência contra a mulher, registradas em 2018, representam um aumento de 8% em comparação com 2017.

A violência é retratada em números a partir dos registros feitos na delegacia e reunidos pelo documento. O estudo traçou também o perfil das vítimas, o tipo de crime e quem são os agressores: Mulheres entre 30 e 59 anos; Mais solteiras do que casadas; Mulheres brancas e com ensino médio completo; As agressões acontecem dentro de casa por pessoas próximas das vítimas; Agressores são companheiros ou ex-companheiros; Agressões verbais são as mais registradas; Violência psicológica é a mais frequente, acompanhada de ameaça.

Para a delegada Ana Carla Nepomuceno, as vítimas devem fazer o registro e procurar proteção. "Qualquer que seja a violência, ela deve procurar imediatamente a delegacia de polícia para realizar o registro de ocorrência. É muito importante que essa mulher solicite as medidas protetivas de não aproximação do agressor e que ela não deixe essa violência se agravar. Que ela não caia no ciclo da violência".

29danimonteiro

Aos 28 anos, Dani Monteiro conquistou o posto de mulher mais jovem a ocupar uma vaga de deputada na Alerj. Ela estará pela primeira vez oficialmente em Barra do Piraí (Foto: Reprodução)

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!