Terça, 21 Mai 2019
previous arrow
next arrow
Slider

Morre o jornalista Roberto Avallone, aos 72 anos

Nesta segunda-feira, 25, morreu, aos 72 anos o jornalista Roberto Avallone. Durante a madrugada, ele passou mal, chegou a ser socorrido e levado ao hospital Santa Catarina, em São Paulo, mas não resistiu. Nascido em 22 de fevereiro de 1947, Roberto Francisco Avallone trabalhou no Jornal da Tarde e teve passagens por TV Gazeta, RedeTV! e Bandeirantes, comandando mesas-redondas, e recentemente participava de programas do canal pago SporTV. Ficou conhecido pela irreverência através de bordões como “no pique”, “interrogação” e “exclamação”, que dizia a cada final de frase.Roberto ainda passou por rádios como Jovem Pan, Globo e Bandeirantes, mantendo atualmente também um blog no portal UOL.

Em seu último post, publicado ainda nesta madrugada na Internet,  Avallone abordou a questão da escassez de bons centroavantes no futebol, defendendo que o setor tivesse um treinador específico, como os goleiros têm. Ele cita os casos de Pedro, do Fluminense, voltando de lesão, Roberto Firmino, do Liverpool, que se machucou, e Gabriel Jesus, do Manchester City, que caiu de produção. Ele argumenta que, conforme adotou-se o uso do profissional, o país tornou-se referência em arqueiros, e acredita que um “Mestre” aos candidatos a artilheiro é o mínimo que o futebol atualmente pode oferecer.

“Quando se vê um Borja perder inacreditável série de ‘gols feitos’ ou outro centroavante similar desperdiçar chances claras, logo vem a sentença: ‘o técnico teria de ensinar’. Não é assim: o treinador não tem obrigação de ser o Mestre em todos os fundamentos. Assim como Waldir Joaquim de Moraes. grande goleiro do passado. ajudou aos que estavam iniciando a carreira, só traria benefícios aos candidatos a artilheiros(hoje, estamos mais nesse ítem). se um Zico ensinasse as manhas dos dribles e dos arremates, se um Petkovic ajudasse os canhotos a fazer o que ele fazia. se um Evair desvendasse para os garotos os segredos dos chutes e das cabeçadas”, concluiu

Ainda não foram divulgadas informações sobre velório ou enterro de Roberto Avallone. 

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!