Quinta, 02 Abril 2020
previous arrow
next arrow
Slider

No segundo domingo da Copa LAD de futebol amador, ABC e BSA saem na frente no considerado “grupo da morte”

Com direito a polêmica com a arbitragem, ABC Coimbra sai na frente e lidera o grupo B da competição, após 3 a 1 no Maracanã (Foto: Felipe Castro)

No segundo domingo de competição (15), foi organizada a primeira rodada do Grupo B da competição, com os jogos realizados no Royal SC. Às 11h, BSA venceu de virada a equipe do Dez de Março por 3 a 2; e às 13h15, com transmissão da Rádio Barra do Piraí AM, ABC Coimbra, também de virada, venceu o Maracanã por 3 a 1, e se isolou na liderança do grupo.

No primeiro jogo, muita emoção e equilíbrio. Walister e Rafael marcaram para o Dez de Março. Vitão, Jhoninha e André Luiz deram a vitória para a equipe comandada pelo carismático e elétrico treinador Vandão, que não se conteve após o gol da vitória e foi pra galera. Apesar da derrota, o time treinado por Alan Linz, ex-Super Onze, tem um elenco que ainda pode brigar pela segunda colocação nesse grupo, considerado o mais forte da competição. Ao Bairro Santo Antônio, nada como sair na frente em um confronto lotado de rivalidade, dando moral para garantir classificação no grupo.

No jogo principal, após um susto no primeiro tempo, quando terminou perdendo por 1 a 0, a equipe do ABC Coimbra fez valer seu favoritismo na segunda etapa, após as substituições do técnico Fabinho, e virou a partida consolidando o 3 a 1 no placar. Nota positiva para um jogo tecnicamente muito bom, mesmo com o forte calor. Eduardo, do Maracanã, se destacou com dribles e arrancadas, enquanto PL e Dodô, na segunda etapa, entraram para resolver o jogo com assistências do primeiro e gols do segundo.

A nota triste da partida ficou por conta da confusa arbitragem do experiente Luiz Carlos Guimarães, que normalmente atua como auxiliar, mas nessa partida foi escalado como árbitro principal. Nem tanto pelas marcações de campo, como o pênalti marcado a favor do Maracanã no primeiro, um lance difícil e que, sem a tecnologia, fica difícil saber se houve ou não a infração. O que mais irritou os jogadores, principalmente os jovens do Maracanã, foram as atitudes confusas do árbitro, que demorava para assinalar faltas, conversava demais com seus auxiliares para decidir os lances e, quando parecia que ia segurar o jogo, deixava correr, como no gol da virada do ABC. Apesar da polêmica arbitragem, as reclamações por parte dos jogadores do Maracanã foram excessivas em um determinado momento do jogo. Com um equilíbrio emocional mais “em dia”, era provável que a equipe conseguisse manter um jogo duro contra os favoritos do Coimbra. Mesmo assim, grupo ainda está aberto.

É importante ressaltar que todos os resultados foram justos e as equipes vencedoras fizeram por merecer, dentro de campo. Em relação ao campeonato, a comissão organizadora da LAD precisa fazer alguns ajustes, mas claramente há uma evolução em relação aos outros campeonatos organizados no Royal SC.

*Opinião no texto: Felipe Castro

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!