Sábado, 21 Julho 2018
previous arrow
next arrow
Slider

Nesta sexta-feira, 20, um homem identificado como Diogo da Silva Correa, 28, foi preso no Centro de Volta Redonda. Ele teria um mandado de prisão por roubo a um estabelecimento comercial em aberto, e estava foragido do sistema prisional. O suspeito tinha passagens pela polícia também pelos crimes de receptação e porte ilegal de armas. 

Ainda nesta sexta-feira, de acordo com informações dos agentes da Polícia Militar, ele deve ser levado a prisão.   

Foi decretada a prisão preventiva de Fernando Muniz da Silva, 35. O comerciário é suspeito de matar a também comerciária Viviane Ribeiro de Souza, 46, sua companheira, que foi encontrada já sem vida por seu tio no dia 11 de julho, na Rua Orlando Brandão, no bairro Vila Orlandélia, em Barra Mansa. Viviane foi morta a facadas, e a arma foi encontrada ao lado de seu corpo.

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima trabalhava em uma padaria e não era vista desde quando deixou o estabelecimento, às 22 horas da noite de 10 de julho. Ela não apareceu para trabalhar no dia seguinte e, preocupado, o tio de Viviane pediu a chave da casa com sua filha e encontrou a sobrinha com marcas de facadas. 

O caso foi registrado como feminicídio e, desde a data do crime, o suspeito está desaparecido. 

Na tarde de quinta-feira, 19, um homem, identificado como Rodrigo Silva Macedo, 38, foi assassinado com oito tiros em um lava jato na rua João de Sousa, no bairro Vila Isabel, em Três Rios. A vítima foi atingida por dois homens que passaram atirando em uma moto. As informações foram divulgadas pelos agentes da Polícia Militar.

Ainda de acordo com os PMs, ele teria envolvimento com tráfico de drogas. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal, e o caso foi registrado na delegacia de Três Rios.  

O médico Denis César Barros Furtado, o popular Dr. Bumbum, foi preso nesta tarde (19), junto com a mãe, Maria de Fátima, de 66 anos. Os dois estavam foragidos desde domingo (15), quando a bancária Lilian Calixto morreu após se submeter a procedimento estético na casa de Denis, em uma cobertura na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Eles foram encontrados por policiais do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) em um centro empresarial na Barra. Segundo a delegada Adriana Belém, da 16ª DP, os dois estavam no escritório de um advogado, com quem ela negociava a rendição.

Antes disso, porém, ele chegou a comprar um carro em Vassouras. Foi na segunda-feira, logo depois do escândalo envolvendo a maneira como ele prestava atendimentos estéticos estourar, no domingo.

O proprietário da agência de veículos, Genésio Rodrigues Manso Filho, de 51 anos, confirmou nesta quinta-feira (19), por telefone (informações do site Diário do Vale), que vendeu um Fiat Bravo, ano 2016, ao médico Denis César Barros Furtado, na tarde de segunda-feira, por 53,9 mil.

A negociação foi feita na agência de Genésio, localizada no bairro Cavalheira, em Vassouras.

Genésio disse que o médico estava agitado e acompanhado de sua mãe. O médico teria alegado que o carro era para namorada.

– Não sabia que eles estavam sendo procurados pela polícia, quando vieram aqui na segunda-feira. Caso contrário, não teria vendido nem uma bicicleta para ele.  Eu fiz uma promissória e dei um prazo de dez dias para pagar pelo carro a vista.  O seu César, pai dele, é muito conhecido em Vassouras. Ele, eu não conhecia pessoalmente – disse.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!