Terça, 03 Agosto 2021
previous arrow
next arrow
Slider

Neste domingo, 1º de agosto, um homem de 26 anos foi preso por suspeita de violência contra a mulher, de 28, no bairro Areal, em Barra do Piraí. O caso foi registrado na Rua Vereador Sebastião de Carvalho. A mulher foi socorrida e passa bem.

De acordo com informações da Polícia Militar, o homem, identificado como Rodrigo Augusto Marques da Silva Júnior, supostamente teve um desentendimento com a vítima, que terminou com a agressão em casa mesmo. A mulher foi encaminhada para o setor de emergência do Hospital Santa Casa de Barra do Piraí.

Já o suspeito foi encaminhado para a 88ª delegacia de Barra do Piraí e enquadrado pela Lei Maria da Penha. No local, foi constatado que Rodrigo tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas (três vezes) e uma por agressão.

Na última sexta-feira, 23, foi cumprido mais um dos 87 mandados de prisão decorrentes da operação “Futebol Clandestino”, expedida pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro com o objetivo de prender suspeitos de integrarem uma facção criminosa envolvida com o tráfico de drogas no estado do Rio de Janeiro.

O último alvo da operação em Barra do Piraí foi Igor Trindade, conhecido como “Canela”, que tentava fugir da cidade quando foi encontrado pela Polícia Civil após um cerco realizado no bairro Muqueca.

No dia 23 de junho, Marcelo Arantes Pena, conhecido como “Marcelinho”, foi preso em uma fase anterior da mesma operação realizada no bairro Oficina Velha. Outros integrantes do tráfico foram presos em Angra dos Reis, Barra Mansa, Búzios, Volta Redonda, Resende, Porto Real e Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Civil, a quebra do sigilo dos dispositivos de dados apreendidos com traficantes permitiu identificar o funcionamento de uma das organizações criminosas atuantes na região. O nome da operação “Futebol Clandestino” foi inspirado em um dos grupos de whatsapp utilizados pelos investigados para tratar de assuntos referentes ao tráfico de drogas.

O rapaz que foi espancado no dia 17 de junho no bairro Areal morreu nesta segunda-feira, 26. Breno Canedo, 26, fora agredido por quatro homens, sendo que três estariam presos. As informações foram divulgadas pelo titular da 88ª DP, o delegado Rodolfo Atala.
De acordo com ele, a motivação do caso foi uma desavença por causa de uma namorada. Breno estava a bordo de uma moto, quando os suspeitos que passavam por ele de carro, saltaram do veículo e agrediram-no a chutes, socos e pedradas.
Eles só pararam quando pensaram que a vítima havia morrido na hora. Os três que foram presos foram indiciados por homicídio triplamente qualificado.

Na noite desta segunda-feira, 26, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou um veículo clonado. O veículo, um carro modelo WV Polo, tinha placas de Barbacena (MG). Um homem foi detido na ação, ocorrida no km 275 da BR-393 e registrada na 88ª DP.

Segundo informações da PRF, quando da abordagem, o homem se apresentou como proprietário do carro, mas alegou não estar com os documentos ao que estes foram solicitados. Diante das suspeitas, os agentes rodoviários fizeram a verificação no sistema, em que foram encontrados sinais de adulteração.

No processo, segundo segue a PRF, foi possível verificar se tratar de outro veículo com registro de furto na cidade de Duque de Caxias, cidade em que foi emplacado originalmente. O condutor dissera, no entanto, que havia feito a troca do veículo por outro de sua propriedade, estava pagando o restante e ainda não recebera a documentação do proprietário anterior.

O automóvel foi verificado como clonado e foi apreendido, assim como o homem foi levado para a delegacia de Barra do Piraí. Ele prestou esclarecimentos e foi liberado para responder em liberdade.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!