Segunda, 27 Setembro 2021
barra-bela
sindicato
bethanea-fisioterapeuta
palha-italiana-10-12-2018.jpeg
arte-emerson.jpeg
arte-ugb-padrao.jpeg
sandro-e-alice-junho-2020.jpeg
Arte-Dr-Junior-e-Melissa.jpeg
previous arrow
next arrow

Na tarde de segunda-feira, 23, uma carreta que transportava papelão saiu da pista e pegou fogo à altura do bairro Moura Brasil, em Três Rios, na BR-393 (Lúcio Meira). As informações são do Corpo de Bombeiros.

O motorista do caminhão sofreu ferimentos leves, foi atendido no local e liberado. Houve derramamento e destruição total da carga na pista, bem como foi registrado um congestionamento durante a tarde. O trânsito foi liberado no início da noite desta segunda-feira.

No começo da manhã desta segunda-feira, 23, o Sargento da Polícia Militar, identificado como Nathaniel Pinto Pereira, de 46 anos, candidato a vereador em Barra do Piraí em 2012, foi alvejado por quatro disparos de arma de fogo, numa localidade conhecida como Grota do Urubu, próximo ao bairro Oficina Velha, em Barra do Piraí.

Segundo informações de testemunhas, um homem encapuzado disparou contra a vítima e fugiu logo após em um veículo de cor prata. 

De acordo com o diretor do Hospital Santa Casa de Barra do Piraí, Ivan Borges, Nathaniel chegou a ser encaminhado em estado gravíssimo para a sala vermelha, no setor de emergência da unidade, alvejado por quatro disparos de arma de fogo, um na perna, outro no braço, um no abdômen e outro na cabeça.

Familiares do Policial Militar chegaram a fazer campanha por doação de sangue A negativo ou O negativo em seu nome com urgência. Porém, infelizmente Nathaniel veio a óbito, no fim da manhã desta segunda, enquanto era preparado para passar por uma cirurgia de emergência na Sala Vermelha da unidade hospitalar. Informação confirmada pelo diretor do hospital, Ivan Borges.

O governador Cláudio Castro anunciou, na noite deste domingo (22), a troca do comando da Secretaria de Estado de Polícia Militar. O coronel PM Rogério Figueredo deixa o posto e, em seu lugar, assume o coronel PM Luiz Henrique Marinho Pires. A nomeação do novo secretário será publicada no Diário Oficial desta segunda (23).

O governador enalteceu o trabalho de quase três anos de Figueredo à frente da pasta. Durante sua gestão, foi responsável pela criação programa Bairro Seguro, que está em 30 localidades na capital, e colaborou para a redução dos números de roubos e furtos.

Agora, o coronel Henrique assume o cargo. Ele tem 32 anos na Polícia Militar, é especialista em planejamento e foi chefe do Estado-maior no período da intervenção militar, em 2018. Atualmente atuava como subsecretário de Operações da Secretaria de Ordem Pública da capital.

Números

De janeiro a agosto deste ano, a Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu 20.606 pessoas entre janeiro e agosto deste ano. No mesmo período, 4.244 armas foram apreendidas pela corporação, sendo 209 fuzis.

De acordo com o último levantamento do Instituto de Segurança Pública (ISP-RJ), só no último mês, 560 armas foram apreendidas – número que inclui também as ações da Secretaria de Estado de Polícia Civil – sendo 24 fuzis. O número é 4% maior que o registrado no mesmo mês de 2020.

"O combate ao crime organizado, ligado ao tráfico de drogas ou à milícia, é prioridade da nossa gestão. Todos os dias, os agentes de segurança estão nas ruas para atuar com rigor no cumprimento da lei. Esse trabalho, que tem como base a inteligência, é fundamental para a redução dos índices de criminalidade, como o menor número de homicídios dos últimos anos", disse Cláudio Castro.

Trabalho das polícias

Se somar os dados das polícias Militar e Civil, ao todo, foram 4.248 armas retiradas de circulação no período entre janeiro a julho deste ano – 240 delas somente de fuzis. Em média, isso representa mais de um fuzil apreendido por dia em 2021 no estado.

Ainda de acordo com dados do ISP, foram 1.699 apreensões de drogas no mês de julho. No mês, as polícias civil e militar cumpriram 1.004 mandados de prisão e realizaram 2.711 prisões em flagrante.

Atendendo a um pedido do delegado da Polícia Federal Victor Poubel, o governador Cláudio Castro tornou, nesta sexta-feira (20/08), sem efeito a nomeação para a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária. Para o seu lugar, Castro nomeou o delegado da Polícia Civil Fernando Veloso. Poubel vai assumir o Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase).

Aprovado no concurso público em 2001, Fernando Veloso já foi chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCERJ), atuou como delegado em distritais e especializadas, além de subchefe operacional da PCERJ.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!