Quinta, 22 Abril 2021
previous arrow
next arrow
Slider

O Governo do Estado do Rio de Janeiro inaugurou ontem, em Paracambi, na Baixada Fluminense, a 32ª base da Operação Segurança Presente. O reforço no policiamento da cidade será realizado diariamente, das 8h às 20h, a pé, de motos e em carros nas regiões comerciais e de maior fluxo de pessoas no município. As informações são da assessoria de imprensa do estado. 

"Hoje, estamos entregando mais uma base do Segurança Presente, que tem ajudado a reduzir drasticamente a criminalidade em todos os bairros e cidades nas quais atua. Uma das nossas missões é entregar política pública de qualidade. Levar segurança para a população é mais do que colocar polícia na rua, é liberdade. O programa Segurança Presente atua em uma transversal, com desenvolvimento econômico, educação e cultura também", afirma o governador em exercício Cláudio Castro.

Desde janeiro de 2014, o programa Segurança Presente já conduziu à delegacia mais de 29,6 mil pessoas, cumpriu cerca de 5,3 mil mandados de prisão e realizou mais de 187 mil atendimentos sociais. Além disso, os agentes da operação encontraram mais de 245 desaparecidos. "Estamos trabalhando muito para entregar bons serviços para a sociedade. Tenho certeza de que os moradores de Paracambi já estão felizes com a chegada do Segurança Presente. Neste governo não existe divisão, trabalhamos todos juntos", explica o secretário de Governo, André Lazaroni.

Para a prefeita de Paracambi, Lucimar Ferreira, o reforço no policiamento da região vai ajudar a aumentar a sensação de segurança dos moradores. "A parceria com o Governo do Estado tem sido fundamental. Nosso município passou por muitas dificuldades na segurança pública, e precisávamos aumentar o policiamento. Primeiro, fizemos convênio com a Polícia Militar para o Proeis, e a segurança melhorou. Agora, o Segurança Presente veio somar ainda mais", ressalta.

Grupo foi surpreendido pela PM em depósito de drogas localizado na Vila Helena (Foto: PM)

Nesta segunda-feira (05), quatro pessoas foram presas e duas apreendidas flagrante com uma grande quantidade de drogas em um imóvel localizado  na Avenida Chequer Elias, no bairro Vila Helena, em Barra do Piraí.

De acordo com a Polícia Militar, os agentes chegaram até o local após receberem informações de que o imóvel era usado como deposito e ponto de venda de drogas. Um homem de 26 anos foi abordado pelos policias na entrada da casa e permitiu que uma busca fosse feita.

Segundo a polícia, dentro da casa estavam três mulheres, de 41, 31 e 23 anos, além de duas adolescentes, de 17 e 15 anos.

Ao todo foram apreendidos 10 kg de maconha, 7 kg de cocaína, munições de pistola calibre 380, dois carregadores e material para embalar a droga. Todos que estavam no imóvel foram encaminhados para a 88ª Delegacia de Polícia Civil de Barra do Piraí, onde foram presos em flagrante. Eles vão responder por tráfico de drogas, associação ao tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), com apoio da Polícia Rodoviária Federal, realizou nos dias 1º e 02 de abril, uma operação de combate ao transporte clandestino de passageiros. É mais uma etapa da Operação Pascal 2021, em Areal/RJ, na BR 040. Nesta operação foram 05 ônibus apreendidos, sendo todos de empresas de turismo. Principais irregularidades encontradas nos veículos apreendidos: pneus carecas, extintor de incêndio vencido, pára-brisa com trinca e transporte irregular de passageiros.

Roteiros dos veículos:

Rio de Janeiro/RJ x Viçosa/MG

Juiz de Fora/MG x Rio de Janeiro/RJ

Rio de Janeiro/RJ x Belo Horizonte/MG (02 ônibus)

Juiz de Fora/MG x Cabo Frio/RJ

No total, 81 passageiros foram retirados do transporte irregular.

A Operação Pascal foi criada pela Agência em 2020 com o objetivo de combater o transporte rodoviário interestadual de passageiros realizado de forma irregular e clandestina. Como tem sido constatado pela fiscalização, de forma irregular, algumas empresas de turismo são contratados por empresa por aplicativo mas solicitam licença para fazer Turismo mas na prática, fazem linha, vendendo passagens. Ao serem abordadas pela ANTT , apresentam essa licença de turismo, tentando enganar a fiscalização e os usuários, que imaginam estar em uma viagem legalizada.

A fiscalização alerta que veículos autorizados para realizar linha embarcam e desembarcam em terminais rodoviários e emitem bilhetes de passagens que são documentos fiscais. Já veículos que possuem licença para fazer "turismo" não podem embarcar em terminais rodoviários, não podem emitir bilhetes de passagens e viajam com uma licença de viagem com uma lista com os nomes dos passageiros. Portanto empresas que vendem apenas o trecho de ida e possuem lista de passageiros são considerados clandestinos e estão passíveis de apreensão.

A fiscalização alerta para o perigo de viajar em veículos sem autorização considerados ‘’clandestinos’’, e que ofertas pela internet ou por aplicativos podem ser verificadas na ouvidoria da ANTT se são autorizadas a fazer linha ou apenas possuem uma licença para fazer Turismo.

Para denúncias ou dúvidas se o serviço prestado no momento é realmente legalizado junto à ANTT os usuários podem ser utilizados os canais da Ouvidoria: Whatsapp (61) 99688-4306; telefone 166 (24 horas); e o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Hygor Gomes chegou a ser encaminhado ao Hospital Santa Casa de Barra do Piraí, porém não resistiu aos ferimentos e morreu durante um procedimento cirúrgico

Na noite da última sexta-feira (01), um jovem identificado como Hygor Gomes, de 23 anos, veio a óbitos após ser baleado na Rua Jaime Guimarães, no bairro Coimbra, em Barra do Piraí.

Segundo a Polícia Militar, o suspeito, ainda não identificado, chegou ao bar onde estava a vítima, por volta das 23h30, e chegou atirando. Após ter sido atingido por quatro disparos, Hygor foi imediatamente socorrido por familiares em uma picape e encaminhado para o setor de emergência do Hospital Santa Casa.

Na unidade hospitalar, ele foi encaminhado para uma cirurgia de emergência na Sala Vermelha, porém, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local. Até a publicação desta reportagem, o suspeito ainda não havia sido identificado ou preso.

O caso foi registrado na 88ª Delegacia de Polícia Civil de Barra do Piraí e será investigado.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!