Quarta, 24 Abril 2019
previous arrow
next arrow
Slider

Nessa semana, a Justiça condenou a 53 anos, 4 meses e 9 dias de prisão, Anderson Luís da Silva, que ficou conhecido ano passado como o “pedófilo de Vargem Alegre”. Ele foi condenado pelo crime de estupro de vulnerável, com crime hediondo, após ser acusado de abusar de, no mínimo, três menores de idade no distrito de Vargem Alegre, em Barra do Piraí. A decisão ainda cabe recurso por parte do condenado.

Após minuciosa investigação, que descobriu inclusive ameaças de mortes do suspeito aos menores abusados, a Polícia Civil prendeu em flagrante o acusado em outubro do ano passado, em posse de mídias com pornografia infantil.

Anderson era conhecido como “Tio Ué”, possuía um trailer na Rua Hernestina Graça, em Vargem Alegre e morava na Rua Aurélio Gonçalves Pinto, locais onde aliciava os menores, em troca de favores sexuais.

O corpo de um homem foi nesta manhã (02) no distrito da Califórnia, em Barra do Piraí. O cadáver estava em uma estrada de terra no bairro Cerâmica União.

De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, a vítima — que ainda não foi identificada — foi morta a tiros. Durante toda a tarde, os agentes estiveram no local aguardando a realização da perícia.

O caso será registrado na 88ª DP de Barra do Piraí, onde será investigado.

A família de Shirlon Teixeira Fortini, de 30 anos, morador do bairro Limoeiro, em Volta Redonda, faz um apelo nas redes sociais para tentar saber mais sobre seu paradeiro. O rapaz está desaparecido desde o último sábado (30), quando foi visto em seu veículo, um Onix Branco, com placa LRH 9F67, que usa para trabalhar como motorista de um aplicativo.

Shirlon foi visto pela última vez em seu bairro, Limoeiro, por volta das 20h, por um vizinho. Segundo familiares, o rapaz faz uso de um medicamento controlado, porém é a primeira vez que fica tanto tempo sem fazer contato. O seu pai esteve na casa de Shirlon domingo à noite e encontrou a porta da residência aberta e a TV ligada.

Caso alguém tenha alguma pista sobre Shirlon, sua família atende no telefone (24) 99968-2762, mensagens, ligações ou whatsapp. É indicado ligar também para a Polícia Militar, no telefone 190.

Na última quarta-feira (27), Emerson Anderson dos Santos, conhecido como “Indio”, foi preso no bairro Caixa D’água, em Barra do Piraí. Segundo a Polícia Militar, ele era considerado foragido da justiça, já que havia um mandado de prisão em aberto.

De acordo com o boletim de ocorrência, Índio é suspeito de fazer parte do tráfico de drogas na cidade, desde o ano de 2016. Ele foi encontrado na Rua Celina Pereira dos Santos, em uma kitnet, após denúncia anônima. Com ele, foram apreendidos R$ 191,00 em espécie.

O suspeito foi encaminhado para 88ª DP de Barra do Piraí, onde ficará preso a disposição da justiça. Além do mandado em aberto por tráfico, Índio possui antecedentes criminais em furto, uso de entorpecentes e posse ilegal de arma de fogo.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!