Sábado, 23 Janeiro 2021
previous arrow
next arrow
Slider

Prisão aconteceu no bairro Ponte das Laranjeiras. O frentista de um posto em Barra do Piraí ficou com o braço ferido após o suspeito arrancar com o carro ao perceber que o golpe tinha sido descoberto (Foto: Polícia Civil)

Nesta quarta-feira (16) policiais civis prenderam um jovem de 23 anos, que não teve sua identidade revelada, no bairro Ponte das Laranjeiras, em Piraí, com doze notas falsas de R$ 200.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito tentou pagar com as notas falsas pelo combustível de seu veículo, em um posto de Barra do Piraí. Um frentista, que desconfiou da aparência do “lobo-guará”, teve o braço ferido quando o jovem arrancou com o carro que estava conduzindo.

O suspeito vai responder por crimes de moeda falsa, estelionato e lesão corporal.

Polícia Civil investiga assassinato de Renato Ferreira da Silva, que foi encontrado morto com sinais de espancamento (Foto: Redes Sociais)

Na tarde desta segunda-feira (14) o corpo de Renato Ferreira da Silva, conhecido como Renatinho, foi encontrado em uma cisterna próximo a uma residência no bairro Roseira, em Barra do Piraí.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima tinha marcas de espancamento, com diversas lesões pelo corpo, que foi encontrado em uma cisterna por moradores da localidade. Segundo a página Barra no Ar, a polícia trabalha com a hipótese do crime ter ligação com o tráfico de drogas local e investiga as causas do assassinato.

O corpo de Renatinho foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Três Poços, em Volta Redonda, onde passará por uma análise mais profunda. Horas antes, durante a madrugada de segunda-feira, a Polícia Militar realizou uma operação no bairro, onde Renato foi abordado, porém, nada de ilícito foi encontrado com ele. Na ação, os agentes apreenderam no bairro 105 pinos de cocaína, mas ninguém foi preso.

De acordo com a PM, suspeito de tráfico foi atingido em um dos braços e nas costas durante ação na localidade. A própria corporação o socorreu e o encaminhou para a emergência da Santa Casa, em estado grave (Foto: Reprodução)

No início da tarde desta sexta-feira (11), um homem de 26 anos foi baleado durante uma operação policial realizada no Bairro Santo Antônio, em Barra do Piraí. Segundo a Polícia Militar, o rapaz, que não teve sua identidade revelada, era suspeito de tráfico e foi atingido por tiros em um dos braços e nas costas.

A ação ocorreu por volta das 13h e, além do baleado, mais ninguém foi preso. Os próprios agentes da PM encaminharam o baleado para a emergência do Hospital Santa Casa, de Barra do Piraí, aonde ele chegou em estado grave, foi estabilizado e passará por uma cirurgia de emergência ainda hoje.

Além do policial civil Vladimir Machado, que foi preso em Barra do Piraí juntamente com o informante Carlos Augustus Lima da Cruz Junior, mais quatro agentes também foram presos suspeitos de extorsão a proprietários de veículos com algum tipo de irregularidade (Foto: Reprodução)

Nesta quinta-feira (03), o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), em parceria com a Corregedoria Geral da Polícia Civil, deflagrou uma operação para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão, com quebra de sigilo de dados de aparelhos eletrônicos, contra seis denunciados - cinco deles policiais civis - pela prática de extorsão, com a cobrança de propinas de proprietários de veículos envolvidos com algum tipo de irregularidade.

De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/RJ/MPRJ), um dos presos na operação foi o policial civil Vladimir Machado, em Barra do Piraí, juntamente com o informante Carlos Augustus Lima da Cruz Junior, suspeitos de praticarem crimes dentro da própria 28ª Delegacia de Polícia Civil, no bairro de Campinho, zona norte do Rio.

Além deles, também foram presos os policiais civis Rogério Teixeira de Aguiar, Joel Tonassi de Oliveira, Vinicius Lando Forni 'Gaúcho' e Leonardo Alexandre Silvano de Andrade

Segundo os investigadores, o grupo criminoso atuava com ameaça e restrição de liberdade das vítimas, se utilizando, para tanto, de seu aparato funcional. Viaturas e armas, além da citada delegacia, foram utilizadas para que conseguissem lograr êxito nos crimes. Cabe ressaltar que as investigações tiveram origem em acordo de colaboração premiada homologado pela 1ª Vara Criminal Regional de Jacarepaguá e contaram com o apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ).

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!