Terça, 28 Janeiro 2020
previous arrow
next arrow
Slider

Mais de 45 gramas de entorpecentes foram encontrados no quintal de uma casa na Rua Maria José Rodrigues Monteiro, após operação contra o tráfico de drogas na localidade (Foto: Reprodução)

Na tarde desta segunda-feira (18), a Polícia Militar realizou uma operação em uma residência, localizada na Rua Maria José Rodrigues Monteiro, no bairro Santo Antônio, em Barra do Piraí. De acordo com a PM, o imóvel pertence a um suspeito de integrar o trafico de drogas da localidade. Na ação, ninguém foi preso, porém, foram apreendidos 18 pinos de cocaína e 13 trouxinhas de maconha.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta de 12h30, os policiais foram verificar uma denúncia de tráfico de drogas próximo a um imóvel, apontado como residência de um conhecido traficante do bairro. No quintal, foi encontrada uma bolsa contendo os 18 pinos de cocaína (ao todo, 17,3 gramas) e 13 trouxinhas de maconha (24,9 gramas).

Após serem recebidos pelo irmão do suspeito, os agentes entraram na residência e encontraram um caderno com anotações sobre o tráfico. O rapaz reconheceu que seu irmão faz parte de uma facção que comanda o movimento na localidade.

Após a operação, os policiais retornaram com todo o material para a 88ª Delegacia de Polícia Civil de Barra do Piraí.

A primeira foi realizada no Morro do Gama e três papelotes foram encontrados. A segunda ocorreu nesta madrugada, com onze pinos de cocaína sendo apreendidos na Rua Pref. Iago José Valério, Oficina Velha (Foto: Divulgação 10º BPM)

Neste final de semana, a Polícia Militar apreendeu três papelotes e onze pinos de cocaína em duas abordagens, a primeira realizada no sábado (16), na Rua Angra dos Reis, no bairro Morro do Gama, e a segunda ocorrida nesta madrugada (18), na Rua Prefeito Iago José Valério, no bairro Oficina Velha, em Barra do Piraí.

Segundo informações do 10º BPM, no sábado, uma guarnição da Polícia Militar abordou, por volta das 10h40, no Morro do Gama, um motociclista em uma Honda CG vermelha sem carteira de habilitação e um passageiro na garupa com três papelotes de cocaína, além de R$ 159,00 escondidos na cueca.

Nesta madrugada, por volta das 4h10, outra equipe da PM avistou um homem escondendo algo na roda de um carro, estacionado na Rua Prefeito Iago José Valério. Após verificação, foram encontrados dois pinos de cocaína. Com o suspeito, mais nove pinos foram apreendidos. Ele, juntamente com os entorpecentes, foi encaminhado para a 88ª Delegacia de Polícia Civil de Barra do Piraí, onde foi registrada a ocorrência.

Delegado da 93ª DP de Volta Redonda, Wellington Vieira, declarou que vai investigar o caso a partir dos vídeos que viralizaram nas redes sociais (Foto: Reprodução)

O delegado titular da 93ª Delegacia de Polícia Civil, Wellington Vieira, recentemente transferido da 88ª DP de Barra do Piraí para a cidade vizinha, declarou em entrevista que usará os vídeos que viralizaram nas redes sociais, em que um motorista aparece sendo agredido por várias pessoas, para fazer o boletim de ocorrência na delegacia. A iniciativa de Vieira foi porque ninguém apareceu na unidade policial para registrar o fato.                   

Segundo Wellington, todas as informações que possui vieram através do vídeo e da imprensa. O último caso informado ao delegado é de um jovem agredido no final da madrugada deste domingo (17), na Rua Coronel Camilo de Assis Pereira, no bairro Jardim Amália, em Volta Redonda.

Os vídeos que viralizaram nas redes sociais, mostram cenas de selvageria, violência e a destruição quase que total do veículo, um Honda City prateado, totalmente depredado. Eles saiam de uma festa de confraternização do Torneio Universitário do Sul Fluminense (TUSF), evento que reuniu milhares de estudantes de 14 universidades da região.

Segundo testemunhas, vários jovens comemoravam na rua o final do torneio, e que os veículos passavam entre eles, com a velocidade reduzida. O motorista do Honda, porém, teria acelerado e esbarrado o carro em alguns participantes da festa, que reagiram com fúria contra o jovem.

A vítima, ao tentar escapar, deu ré e bateu no carro de um motorista de aplicativo. O jovem, que escapou de ser linchado, seria morador em Resende.

Vieira explicou que a Polícia Militar tinha a ocorrência, mas não comunicou na delegacia.

Já a comandante do 28º Batalhão da PM, tenente-coronel Luciana de Oliveira, afirmou que foi solicitada a presença de policiais militares, porém quando os agentes chegaram a Rua Coronel Camilo de Assis, o motorista agredido já não se encontrava mais no local.

– Até então, a Polícia Militar não sabia da existência dos vídeos. Eles (agressores) viraram o carro que ficou danificado, mas não sabíamos (PM) quem eram os autores, não tínhamos o vídeo e o motorista não estava no local. Assim que obtivemos os vídeos, eles foram entregues na delegacia para que fosse identificado algum agressor – disse a comandante.  A PM negou que seus agentes atiraram para o alto para dispersar a multidão.

O delegado deverá mandar periciar o vídeo e solicitou às pessoas que presenciaram a cena que denunciem, por meio do Téia Invisível (197). A motivação ainda é desconhecida pela polícia.

A intenção do policial é identificar o motorista agredido, que seria morador em Resende, e os agressores.

O Hospital São João Batista informou que não recebeu nenhuma vítima de atropelamento ou com sinais de agressão proveniente do local onde ocorreu o crime.

O delegado explicou que os agressores, assim que forem identificados, serão indiciados, a princípio, por lesão corporal e dano qualificado.

Identificado no facebook como ‘HD do Areal’ (foto), jovem foi encontrado morto com marca de tiros. Polícia Civil investiga o caso (Foto: Reprodução Facebook)

Na noite dessa terça-feira (12), um assassinato foi registrado no bairro Areal, em Barra do Piraí. De acordo com a Polícia Militar, um corpo foi encontrado próximo a uma torre de telefonia, numa localidade conhecida como ‘Morro da Caixa D’Água’.

A identidade do jovem não foi divulgada pela PM, porém, através de uma pesquisa, foi descoberto o seu perfil no facebook, com o nome ‘HD do Areal’. O cadáver tinha marcas de tiros e o crime aconteceu há aproximadamente quatro dias.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal e a ocorrência foi registrada na 88ª Delegacia de Polícia Civil de Barra do Piraí, onde o caso é investigado.

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!