Terça, 28 Junho 2022

O Instituto Médico Legal (IML) de Resende, RJ, confirmou na manhã desta segunda-feira (2), que Anitta Myllena de Oliveira Reis, de 3 anos e meio, foi espancada até a morte. Ela foi agredida nas pernas, braços e cabeça. No sábado (31), a criança tinha sido levada já sem vida ao Hospital Municipal São Francisco de Assis. A menina estava só os cuidados de um casal amigo dos pais dela, que estão presos desde 2017.

O homem que cuidava dela era procurado da Justiça por tráfico de drogas e porte ilegal de arma. Ele foi preso no hospital, e com o laudo da necrópsia, também deve responder por homicídio.

Anitta e a irmã, de 10 anos, são do bairro Vila Elmira, em Barra Mansa, e morava com o casal em Porto Real.

O caso está sendo investigado pela 100ª Delegacia de Polícia (Porto Real). Em depoimento, o suspeito de espancar a criança, contou no sábado que tinha dado alguns tapas na menina, inclusive na cabeça, como corretivo.

Barra do Piraí/Mato Grosso – Na esteira da trajetória de atletas barrenses como o meia Glauber, que atuou em clubes de expressão como o Botafogo e fez história como um dos maiores artilheiros do Volta Redonda, em mais de uma passagem pelo clube, o ex-zagueiro Batata, campeão mundial pelo Corinthians, e o volante Ramires, que já frequentou convocações de seleção brasileira e hoje atua no Jiangsu Suning, no futebol chinês, outros atletas barrenses vêm buscando seu espaço em clubes pelo país e pelo mundo.

  Mirando-se nestes exemplos, o jogador Airton Natan vem buscando seu espaço atuando pelo Araguaia Atlético Clube, conhecido como Galo da Serra e que vem mandando seus jogos no estádio Zeca Costa. A equipe, fundada no ano de 1978, está disputando a primeira divisão do campeonato Mato-Grossense, entretanto, acabou matematicamente rebaixada após empatar com o Luverdense em 2 a 2.   

  “Ainda que com este resultado e com esta posição, não podemos esmorecer, pois sabemos que fizemos nosso trabalho e nos dedicamos. Temos uma partida para fazer ainda, temos uma caminhada a levar”, reconhece o atleta. O Mixto foi rebaixado junto com o Araguaia.

  Apesar do revés, o atleta começou a temporada celebrando seu primeiro gol como profissional, marcado na Arena Pantanal. “Foi um gol muito bonito, meu primeiro gol logo em um estádio de Copa do Mundo, é algo que me deixa feliz e orgulhoso, para poder contar depois”, celebra.

Barra do Piraí - Nas edições 733 e 734 do Jornal O BARRENSE, foi registrada a situação da Clínica de Doenças Renais (CDR) de Barra do Piraí. Informações divulgadas nas redes sociais davam conta de que a unidade iria fechar, o que foi negado pelo secretário de Saúde de Barra do Piraí, Juberto Folena Júnior. Segundo ele, à ocasião, havia acabado de ser feito repasse à CDR. Entretanto, pouco depois, também foi emitida uma nota, assinada por Murilo Tatagiba, diretor da clínica barrense, expondo que o setor de diálise passaria por crise, ao que foi respondido pela prefeitura de Barra do Piraí em um texto divulgado nas redes sociais, sucintando que, em caso de fechamento, a questão incorreria em multa, uma vez que os pagamentos estavam sendo feitos. 

  Em nota divulgada em sua página nas redes sociais na segunda quinzena de março, o prefeito Mario Esteves (PRB) diz que foi feito repasse à CDR, em valor de pouco menos de R$ 600 mil. Em entrevista à equipe de reportagem do Grupo RBP de Comunicação, ele ainda confrontou as declarações que, segundo ele, foram atribuídas a Murilo Tatagiba, que se reuniu com o republicano.

  “Recebi o doutor Murilo, e ele me disse que não tinha nada para falar, está conversando para que seja feita uma nota de retratação, tanto para ele quanto para o município. A nota saiu, mas ele não autorizou e está pedindo retratação”, refuta o prefeito, reafirmando que a dívida que a prefeitura tem com a CDR refere-se ao ano de 2016, mas será paga. Entretanto, Mario frisa que isto será feito com uma emenda

  Ele recordou também que pagou dívidas referentes à Cruz Vermelha, à Santa Casa e está renegociando a do Hospital e Maternidade Maria de Nazareth. “Temos uma tomada de contas aberta, o dinheiro da CDR e da Cruz Vermelha foram desviados e o governo passado vai responder, pois isso é improbidade”, cita.

  Mario Esteves conclui negando o descredenciamento da CDR. “Quero ver com a presidência da CDR para parcelar esta dívida. O que não vou aceitar é esse terrorismo de estarem jogando a gente contra a população”, afirma.

Barra do Piraí – Rodrigo da Fonseca Bastos, mais conhecido como Padeirinho, 26, foi preso em flagrante na tarde do domingo de Páscoa, 1º de abril, na rua Antônio Gomes Medeiros no bairro da Muqueca, em Barra do Piraí. Ele foi encontrado por policiais do Serviço Reservado do 10ª Batalhão (P2) portando uma arma de uso restrito e seria suspeito de movimentar o tráfico de drogas naquela localidade, tendo sido encontrado também um pé de maconha na ação.  O caso foi registrado e segue sendo investigado na delegacia de Barra do Piraí.

Mais informações na edição 735 do Jornal O BARRENSE, que vai às bancas no dia 06 de abril

Rua Ana Nery, 120 - 9º andar
Centro, Barra do Piraí - RJ
CEP 27123-150
Tel.: (24) 2443-1470 (AM)
(24) 2443-1098 (FM)

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e fique sabendo da nossa programação em primeira mão!